Menu
Busca segunda, 24 de janeiro de 2022
(67) 99874-0557
Campanha Pantanal Agrícola 01
DEFESA AGROPECUÁRIA

Mapa apoia adesão de São Paulo ao sistema nacional de inspeção de produtos de origem animal

O estado está trabalhando também para avançar no Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA)

05 novembro 2021 - 18h10Por Mapa

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) repassou nesta sexta-feira (5) orientações para a equipe de defesa sanitária do estado de São Paulo sobre adesão ao Sisbi-POA (Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal) e o Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA).  O estado tem trabalhado para agilizar as duas frentes sejam agilizadas. A reunião ocorreu na Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo e teve a participação do secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, José Guilherme Leal.

continua depois da publicidade
Campanha Fendt 29/09

A partir da obtenção da equivalência ao Sisbi-POA, produtos como mel, ovos, leite, carne e derivados inspecionados pelo Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Estado de São Paulo (Sisp) poderão ser vendidos em qualquer estado da Federação. O secretário estadual de Agricultura, Itamar Borges, relatou que as exigências estão sendo cumpridas e que o apoio da Superintendência Federal de Agricultura de São Paulo (SFA-SP) tem sido importante.

“A adesão de São Paulo ao Sisbi-POA é estratégica”, afirmou o secretário José Guilherme Leal.

A superintendente Andréa Moura informou que os servidores prestarão todo o suporte necessário, já que a adesão estadual ao Sisbi-POA é uma demanda relevante do setor produtivo.

Febre Aftosa

O secretário estadual Itamar Borges também destacou o empenho no avanço do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA). A estratégia do programa é a implantação progressiva e manutenção de zonas livres da doença, de acordo com as diretrizes estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

O coordenador de Defesa Agropecuária (CDA) da secretaria estadual, Luís Fernando Bianco, apresentou o investimento feito recentemente para que a vacinação seja encerrada. O estado adquiriu veículos, está contratando pessoal administrativo para liberar técnicos para o trabalho de campo, prepara o plano de ação exigido e articula a criação do fundo privado para manutenção do status.

Atualmente, o estado é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa com vacinação.

“O estado de São Paulo tem avançado bastante no aprimoramento das ações de defesa agropecuária e vamos continuar oferecendo suporte para que todas as exigências da OIE sejam cumpridas”, disse a superintendente Andréa Moura.

O Mapa tem acompanhado toda a mobilização dos estados que pretendem ascender ao status de “livre de aftosa sem vacinação”. “Não podemos errar. Ao solicitar a mudança de status à OIE toda a estrutura e documentação não podem ser contestadas”, explicou o diretor do Departamento de Saúde Animal e Insumos Pecuários do Mapa, Geraldo Marcos de Moraes.

Segundo ele, em caso de não aprovação, o estado pode ser penalizado com a volta da vacinação obrigatória em três meses.

Além das autoridades citadas acima, participaram da reunião Danilo Tadashi Kamimura e Celso Torres, da SFA-SP; Francisco Matturro, secretário executivo da SAA; Ricardo Lorenzini, chefe de gabinete da SAA; Ariel Mendes, assessor institucional da SAA; Bruno Bérgamo, Willian Alves Correa, Fernando Buchala, Wander Dias e Adriano Macedo Debiazzi, todos da CDA.

* Conteúdo: Mapa

Deixe seu Comentário

Leia Também

CURIOSIDADE
ORIGENS DA SOJA: Da antiguidade à revolução econômica global
ECONOMIA
Incentivo do Governo viabiliza reativação de indústria esmagadora de soja, em Bataguassu
QUALIFICAÇÃO
Quer aprender noções básicas sobre cogumelos? Se liga, Embrapa oferece curso de graça
ANÁLISE CEPEA
Embarques de carne suína seguem firmes, mas, preço interno cai
ESTIAGEM
Ministra da agricultura vai visitar propriedades rurais afetadas pela seca, em MS
CLIMA
Meteorologia prevê tempo instável no nordeste de MT, nesta quinta-feira
CLIMA
Meteorologia previu problemas com a safra de soja, em MS
SECA
Estiagem prolongada reduz estimativa de produção da soja na safra 21/22, em MS
PESQUISA
Cientistas desenvolvem corante natural vermelho-violeta intenso a partir da pitaia
MERCADO DA SOJA
Preço da soja, em MS, recua 8,4% em 12 meses