Menu
Busca sábado, 27 de fevereiro de 2021
(67) 99874-0557
Programa Nacional

Lideranças destacam metas e desafios do PNEFA

Acordo bilateral entre o Mercosul e União Europeia e a reforma da previdência foram outros temas destacados

03 julho 2019 - 08h39Por Famasul*

A meta da erradicação da febre aftosa em Mato Grosso do Sul, o anúncio do acordo bilateral entre o Mercosul e a União Europeia e a reforma da previdência foram os temas destacados pelo presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, durante a Expopar – Exposição Agropecuária de Paranaíba.

continua depois da publicidade
Programa de fidelização banner 02

Acompanhado do deputado federal, Beto Pereira e do diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold. O grupo foi recepcionado pelo presidente do Sindicato Rural de Paranaíba, Nilo Alves Ferraz. O encontro, durante a feira contou com a presença do prefeito municipal, Ronaldo José Severino de Lima; do vice-presidente do Conseleite, Wilson Igi; e do ex-presidente do sindicato, Wilberto Amaral.

A comitiva de lideranças participou da palestra da analista técnica do Sistema Famasul, Fernanda Oliveira, sobre Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa.

Sobre os assuntos destacados, Saito salientou: “O objetivo é pensar no Brasil, por isso, é imprescindível que a reforma previdenciária seja aprovada. Enquanto cidadãos, nós, produtores rurais, responsáveis por um setor que em meio a tanta crise é superavitário, precisamos dar força à medida”, afirmou.

O presidente da Federação acrescentou: “De nada adianta termos a melhor carne do mundo, no quesito sanidade, senão cumprirmos com as metas do PNEFA. Precisamos muito do status de livre de febre aftosa sem vacinação para abrir novos espaços para o nosso produto”.

O anfitrião, o presidente do sindicato rural, Nilo Alves Ferraz, falou sobre a presença de autoridades no evento. “Paranaíba os recebe de braços abertos, para conhecer nossa exposição e para discutir temas de relevância para os nossos produtores rurais”.

Em seguida, o diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold, reforçou os desafios para a sanidade animal, principalmente, em relação ao PNEFA: “Precisamos utilizar a tecnologia da informação e trabalhar com eficiência. Sobre a IAGRO precisamos trabalhar a gestão financeiras dos recursos e fortalecer nossa base”.

O deputado federal, Beto Pereira, deu destaque à representatividade rural. “A Famasul se consolidou como instituição de respeito e de credibilidade, uma imagem construída ao longo do tempo”.

*Fonte: Famasul

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes