Menu
Busca sexta, 24 de setembro de 2021
(67) 99874-0557
SENAR-MS Campanha Prevenção Incêndios 2021
PNEFA

Iagro define calendário de vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso do Sul

A campanha de vacinação terá início no dia 1º de novembro nas três regiões sanitárias do Estado.

09 outubro 2019 - 15h03Por Semagro*

O empenho da equipe da Agência (Iagro) para manter os bons resultados de vacinação conquistados em anos anteriores e que colocaram Mato Grosso do Sul entre os Estados com os melhores números, deve ser repetido na campanha de vacinação que terá início no dia 1º de novembro nas três regiões sanitárias do Estado.

continua depois da publicidade
ANUNCIO IMPACT 728X60 INSERÇÃO 03 OK
continua depois da publicidade
Campanha Fendt última semana de Setembro Square

Ao mesmo tempo em que trabalha intensamente para cumprir o cronograma do Programa Nacional de Febre Aftosa (PNEFA), a agência mantêm a agenda de ações da campanha de vacinação que a partir do dia 15 de outubro abre o calendário para pedidos de antecipação da vacinação em todo Estado, com previsão de imunizar mais de 21 milhões de animais entre bovinos e bubalinos.

Para as regiões do Planalto e Fronteira o período de compra e vacinação estarão abertos de 1º a 30 de novembro, e o de registro vai até 16 de dezembro.

Já os pecuaristas do Pantanal poderão comprar e vacinar de 1º de novembro a 31 de dezembro e registrar até o dia 31 de dezembro.

O produtor que deixar de vacinar ou não registrar a vacina estará sujeito a multa.

Na campanha deste ano além de chamar a atenção para a obrigatoriedade da vacinação, a nova dosagem que é de 2 ml, e informar o calendário a Iagro reforça aos pecuaristas os cuidados sobre todo processo até a aplicação da vacina e depois disto, conforme seguem:

-Compre as vacinas somente em lojas registradas.

-Verifique se as vacinas estão na temperatura correta (2° C a 8° C).

-Para transportá-las, use caixa térmica, coloque três partes de gelo para uma de vacina e lacre.

-Mantenha a vacina no gelo até o momento da aplicação. Escolha a hora mais fresca do dia e reúna o gado. Mas lembre-se: só vacine bovinos e búfalos.

-Durante a vacinação, mantenha a seringa e as vacinas na caixa térmica e use agulhas novas, adequadas e limpas. A higiene e a limpeza são fundamentais para a boa vacinação.

-Agite o frasco antes de usar e aplique a dosagem certa em todos os animais: 2 ml.

-O lugar correto de aplicação é a tábua do pescoço, podendo ser no músculo ou embaixo da pele. Aplique com calma.

-Não esqueça de preencher a Declaração de Vacinação e entregá-la na Iagro junto com a Nota Fiscal de compra das vacinas.

Plano Estratégico de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa)

Para execução do Plano Estratégico de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa) os Estados foram divididos em cinco blocos pecuários para que seja feita a transição de área livre da aftosa com vacinação para sem vacinação. Por questões estratégicas recentemente Mato Grosso do Sul foi remanejado para o bloco IV composto por Estados da região central: Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Sergipe, Tocantins e Mato Grosso do Sul.

*Fonte: Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DA SOJA
Saca da soja acumula valorização de 13% em 12 meses, em MS
MANEJO APÍCOLA
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Cientistas combinam imagens multiespectrais com raios X para analisar sementes
GESTÃO DE RISCOS
Guia virtual orienta produtores sobre o funcionamento do seguro rural
MERCADO FINANCEIRO
Bolsa cai pelo segundo dia e perde 2,48% em agosto
CRÉDITO FUNDIÁRIO
Prazo para análise de financiamento de imóvel para agricultores familiares diminui para seis meses
ANÁLISE CEPEA
Dados oficiais do IBGE confirmam baixa oferta de animais para abate
ECONOMIA
MS tem crescimento populacional acima da média nacional, com agronegócio impulsionando interior
ARMAZENAMENTO
Conab tem 150 imóveis qualificados no PPI; Hortomercados do RJ estão incluídos
PERSPECTIVAS
Conab estima produção total de 289,6 milhões de toneladas de grãos para safra 2021/22