Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Estapi Art 01 super banner
ANÁLISE CEPEA

Carne suína: Diferença entre preço de exportação e o praticado no país diminuiu

Queda da taxa de câmbio reduziu o valor em Reais recebido pelos exportadores

21 junho 2019 - 12h30Por Esalq/Cepea-Usp*
O forte ritmo das exportações brasileiras de carne suína na parcial de junho segue elevando o valor da proteína no mercado doméstico, segundo informações do Cepea. 
 
No front externo, a carne exportada pelo País nos 10 primeiros dias úteis deste mês teve ligeira valorização frente ao preço que era praticado em maio. Porém, o arrefecimento da taxa de câmbio diminuiu o valor em Reais recebido pelos exportadores. 
 
Diante dessas movimentações, a diferença entre os preços da carne exportada e da comercializada no País estreitou-se. Apesar de o valor recebido pela carne vendida ao front externo estar mais próximo do praticado no mercado brasileiro, a atratividade das exportações continua bastante elevada.
 
* Conteúdo: Cepea/Esalq-Usp

continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes