Menu
Busca sexta, 18 de junho de 2021
(67) 99874-0557
ANÁLISE CEPEA

Exportações do suino caem em agosto

Até mesmo a China diminuiu as importações da carne brasileira de julho para agosto

06 setembro 2019 - 09h16Por Esalq/Cepea-Usp*

Após as exportações brasileiras de carne suína atingirem, em julho, o maior volume já registrado neste ano, de 66,91 mil toneladas, as vendas ao front externo recuaram com força em agosto, frustrando as expectativas dos agentes do setor consultados pelo Cepea.

Até mesmo a China diminuiu as importações da carne brasileira de julho para agosto – vale lembrar que o país vinha ampliando as compras para aumentar a oferta local de proteína, em função da queda na produção de carne suína, devido aos casos de Peste Suína Africana (PSA).

Segundo dados da Secex, em agosto, o Brasil embarcou 50,81 mil toneladas de carne suína, volume 24,06% inferior ao de julho e 19,74% abaixo do de agosto/18. A receita com as vendas foi de US$ 107,57 milhões, o equivalente a R$ 432,45 milhões. Assim, o faturamento em dólar recuou 26,8% de julho para agosto e 2,21% em relação ao mesmo período do ano passado. Já em Reais, a queda foi de 22,15% no comparativo mensal, mas houve estabilidade (+0,03%) no anual.

*Conteúdo: Cepea/Esalq-Usp
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANÁLISE CEPEA
Com baixa oferta de animais em peso de abate, preço do suíno vivo sobe
SUA LAVOURA MERECE!
Com 517 cv, Fendt 1000 Vario esbanja tecnologia e é considerado o maior trator monobloco do mundo
BIOTECNOLOGIA
Região Sul-Fronteira de MS é a que mais se dedica ao manejo biológico da soja
70 ANOS!
Eduardo Riedel confirma apresentação nos 70 anos do SRCG
ANÁLISE CEPEA
Alta externa eleva movimentação de soja nos portos brasileiros
MADEIRA
Com grande reserva de madeira, MS tem potencial de exportação para gigantes da celulose
RECURSOS HÍDRICOS
MS mantém destaque nacional no cumprimento de metas da ANA na gestão de recursos hídricos
ENERGIA
Semagro entrega licença de operação para usina inédita movida a biomassa de eucaliptos
TECNOLOGIA
Sem tratamento antifúngico adequado, pecuarista pode perder até um terço da silagem
ECONOMIA
Valor da Produção Agropecuária de 2021 deve ser 12,4% maior que o do ano passado