Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021
(67) 99874-0557
ANÁLISE CEPEA

Demanda se enfraquece e preços do suíno vivo e da carne recuam

Em compensação , exportações seguem firmes em janeiro

17 janeiro 2020 - 08h05Por Cepea/Esalq-Usp*

Com as despesas típicas de início de ano, que reduzem o poder aquisitivo da população, a demanda no mercado interno se enfraqueceu. Assim, segundo dados do Cepea, os preços do suíno vivo e da carne têm registrado queda neste início de janeiro em grande parte das praças acompanhadas. 

Quanto aos embarques da carne suína, seguem aquecidos em janeiro. Segundo dados da Secex, nos primeiros sete dias úteis de 2020, as exportações registraram média diária de 3,3 mil toneladas de carne in natura, 5,8% acima da média de dezembro/19, quando os embarques atingiram recorde. 

Assim, por enquanto, as exportações somam 23,3 mil toneladas e a receita atinge US$ 63,5 milhões. 

* Conteúdo Cepea/Esalq-Usp

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes