Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Estapi Art 01 super banner
EVENTO INTERNACIONAL

Reunião do Brics é oportunidade de mostrar MS para o mundo, afirma Verruck

O secretário também destacou a importância econômica do evento

25 setembro 2019 - 15h43Por Semagro*

A 9ª reunião anual de Ministros de Agricultura do Brics – grupo de países integrado pelo Brasil, Índia, China, Rússia e África do Sul teve início nesta quarta-feira (25) no Observatório Socioambiental EcoSesi Bonito e segundo o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck será oportunidade de divulgar Mato Grosso do Sul mundialmente.

continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

O secretário também destacou a importância econômica do evento, que une os principais parceiros comerciais do Brasil para debater a inovação tecnológica na agropecuária no contexto de aumento da população mundial e da demanda por alimentos.  “São os principais países do mundo produtores na área agrícola. Temos a China que o principal país parceiro comercial de Mato Grosso do Sul, mas de 50% das nossas exportações vão para lá. A Índia com grande potencial de consumo no futuro, a Africa do Sul, a Rússia, que é um grande pleito. Então esses países, no âmbito da agricultura, representam o maior potencial, tanto de produção como de consumo agrícola do país”.

"A partir dessas fotos oficiais tiradas aqui no EcoSesi, nos vamos repercutir no mundo inteiro. Vai ter foto na Rússia, na Índia, na China, mostrando o que é Mato Grosso do Sul. E amanha eles vão visitar também, a gente quer mostrar um pouco da sustentabilidade da agricultura brasileira, uma propriedade aqui de Bonito onde a gente consegue mostrar uma atividade agrícola, pecuária e o turismo, um processo integrado de desenvolvimento e de sustentabilidade. Então essa é a imagem que nós queremos passar do Brasil para fora e é uma grande possibilidade, através desses ministros, de mostrar isso para o mundo”, afirmou durante a abertura do evento.

Após a  reunião oficial, que está sendo realizada a portas fechadas, a ministra do Brasil, Tereza Cristina, concede entrevista coletiva e depois todos seguem para uma atividade de flutuação no Aquário Natural. Na quinta-feira (26) os ministros visitam a Fazenda Ceita Corê, onde conheceram os diferentes tipos de atividades mencionadas pelo secretário e encerram o evento com assinatura da Declaração Conjunta, que trata sobre as políticas agrícolas dos cinco países no âmbito mundial.

Brics

Formado pelos cinco países, Brics é atualmente presidido pelo Brasil, o que nos coloca como responsáveis por coordenar as atividades, apresentar iniciativas de cooperação e organizar os encontros anuais. Essa é a segunda vez que o encontro da cúpula será realizado no País, desde que os países começaram a se reunir, em 2009.

O grupo busca novas áreas de cooperação, sempre tendo presente a necessidade de obter benefícios palpáveis para as cinco nações. Para o Brasil, as áreas de saúde, ciência, tecnologia e inovação, economia digital e cooperação no combate ao crime transnacional são apontadas como prioritárias.

Em Bonito, será discutida uma proposta com 27 parágrafos, tratando de diversos temas, como a inovação e o princípio científico – que é a oposição do princípio da precaução. A expectativa é que o encontro de setembro sirva para que se dedique um pouco mais de tempo às questões bilaterais, já que os países reunidos têm realidades muito heterogêneas.

*Fonte: Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes