Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Agrinho 11-10 10-09
COMÉRCIO EXTERIOR

No primeiro mês de 2020, crescem as exportações de carnes e minério de ferro

Apesar do superávit da Balança Comercial o resultado é 19,10% menor que no mesmo período de 2019

06 fevereiro 2020 - 09h13Por Semagro*

No primeiro mês de 2020 as exportações de Mato Grosso do Sul somaram US$ 147 milhões. Apesar do superávit da Balança Comercial o resultado é 19,10% menor que no mesmo período de 2019, quando o saldo foi de US$ 182 milhões. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior compilados na Carta de Conjuntura da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

continua depois da publicidade
Campanha Agrinho 11-10 10-09

A celulose se manteve como o principal produto exportado pelo Estado, com aumento no volume exportado, atingindo 468 mil toneladas em janeiro de 2020. Diferente das principais commodities da Balança Comercial, o desempenho da celulose não é sazonal, mantendo estabilidade de exportação durante todo o ano.

O desempenho do milho, por exemplo, depende de safra, variando o volume exportado conforme o mês. Em janeiro as exportações caíram 52%, reflexo da falta de milho no mercado. A partir de fevereiro as exportações de grãos se voltam para a soja, que já está em processo de colheita no Estado.

O destaque da Balança Comercial de janeiro fica a cargo das proteínas animais. As exportações de carne bovina cresceram 29,8% em relação ao ano passado, decorrente de aumento da demanda internacional, que refletiu no preço da arroba e ao consumidor. O MAPA (Ministério da Agricultura e Pecuária) continua com processo de credenciamento de frigoríficos junto ao Governo Chinês, que deve sustentar a demanda durante o ano. Em relação a carne de aves, as exportações cresceram 58% em janeiro.

Surpresa para o mês, a venda de minério de ferro ao mercado externo cresceu 22%, caminhando na contramão do ano passado. “Mato Grosso do Sul inicia 2020 focado nas pautas tradicionais de produtos e é importante destacar que todo o investimento que tem sido feito na industrialização e geração de empregos no Estado, visa a exportação de produtos processados, que agregam valor aos nossos produtos”, afirma o titular da Semagro, secretário Jaime Verruck.

Outra boa notícia de janeiro é o aumento de 23% nas importações de gás natural da Bolívia, para atender a demanda das térmicas movidas a gás. Bom resultado para a balança comercial e para as finanças do Estado, que arrecada ICMS sobre a importação.

Os países asiáticos se destacam como os principais parceiros comerciais do Mato Grosso do Sul, sendo a China o principal comprador de produtos com aumento de 44,2% em relação ao ano passado, Hong Kong com crescimento de 56,6% e Japão que amentou em 214% a compra de produtos estaduais.

*Fonte: Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAFRA DE MILHO
Com 109 sacas, por hectare, Alcinópolis tem a maior produtividade média de MS, na safrinha
ANÁLISE CEPEA
Com novo reajuste, preço do ovo branco se aproxima do recorde nominal
SAFRA DE SOJA 21/22
Incertezas com relação ao comportamento do clima esfriam expectativas de super safra em MS
MERCADO DA SOJA
Saca da soja acumula valorização de 13% em 12 meses, em MS
MANEJO APÍCOLA
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Cientistas combinam imagens multiespectrais com raios X para analisar sementes
GESTÃO DE RISCOS
Guia virtual orienta produtores sobre o funcionamento do seguro rural
MERCADO FINANCEIRO
Bolsa cai pelo segundo dia e perde 2,48% em agosto
CRÉDITO FUNDIÁRIO
Prazo para análise de financiamento de imóvel para agricultores familiares diminui para seis meses
ANÁLISE CEPEA
Dados oficiais do IBGE confirmam baixa oferta de animais para abate