Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner 03
COMÉRCIO EXTERIOR

No primeiro mês de 2020, crescem as exportações de carnes e minério de ferro

Apesar do superávit da Balança Comercial o resultado é 19,10% menor que no mesmo período de 2019

06 fevereiro 2020 - 09h13Por Semagro*

No primeiro mês de 2020 as exportações de Mato Grosso do Sul somaram US$ 147 milhões. Apesar do superávit da Balança Comercial o resultado é 19,10% menor que no mesmo período de 2019, quando o saldo foi de US$ 182 milhões. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior compilados na Carta de Conjuntura da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

continua depois da publicidade
A DE ABELHA - ALFABETIZAÇÃO 02
continua depois da publicidade
Programa de fidelização banner 02

A celulose se manteve como o principal produto exportado pelo Estado, com aumento no volume exportado, atingindo 468 mil toneladas em janeiro de 2020. Diferente das principais commodities da Balança Comercial, o desempenho da celulose não é sazonal, mantendo estabilidade de exportação durante todo o ano.

O desempenho do milho, por exemplo, depende de safra, variando o volume exportado conforme o mês. Em janeiro as exportações caíram 52%, reflexo da falta de milho no mercado. A partir de fevereiro as exportações de grãos se voltam para a soja, que já está em processo de colheita no Estado.

O destaque da Balança Comercial de janeiro fica a cargo das proteínas animais. As exportações de carne bovina cresceram 29,8% em relação ao ano passado, decorrente de aumento da demanda internacional, que refletiu no preço da arroba e ao consumidor. O MAPA (Ministério da Agricultura e Pecuária) continua com processo de credenciamento de frigoríficos junto ao Governo Chinês, que deve sustentar a demanda durante o ano. Em relação a carne de aves, as exportações cresceram 58% em janeiro.

Surpresa para o mês, a venda de minério de ferro ao mercado externo cresceu 22%, caminhando na contramão do ano passado. “Mato Grosso do Sul inicia 2020 focado nas pautas tradicionais de produtos e é importante destacar que todo o investimento que tem sido feito na industrialização e geração de empregos no Estado, visa a exportação de produtos processados, que agregam valor aos nossos produtos”, afirma o titular da Semagro, secretário Jaime Verruck.

Outra boa notícia de janeiro é o aumento de 23% nas importações de gás natural da Bolívia, para atender a demanda das térmicas movidas a gás. Bom resultado para a balança comercial e para as finanças do Estado, que arrecada ICMS sobre a importação.

Os países asiáticos se destacam como os principais parceiros comerciais do Mato Grosso do Sul, sendo a China o principal comprador de produtos com aumento de 44,2% em relação ao ano passado, Hong Kong com crescimento de 56,6% e Japão que amentou em 214% a compra de produtos estaduais.

*Fonte: Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

RECURSOS HÍDRICOS
MS mantém destaque nacional no cumprimento de metas da ANA na gestão de recursos hídricos
ENERGIA
Semagro entrega licença de operação para usina inédita movida a biomassa de eucaliptos
TECNOLOGIA
Sem tratamento antifúngico adequado, pecuarista pode perder até um terço da silagem
ECONOMIA
Valor da Produção Agropecuária de 2021 deve ser 12,4% maior que o do ano passado
INOVAÇÃO
Empresário cria cerveja à base de soja
BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita