Menu
Busca segunda, 08 de março de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Estapi Art 01 super banner
MERCADO AGROPECUÁRIO

Mato Grosso do Sul aumenta 46% no volume de exportações de janeiro a agosto

Entre os principais destinos da carne in natura, estão o Chile, Hong Kong e os Emirados Árabes Unidos

16 setembro 2019 - 16h48Por Famasul*

O volume de carne bovina exportado pelo estado entre janeiro a agosto foi de 117 mil toneladas, representando um aumento de 46% em relação ao ano de 2018. A receita da comercialização atingiu o valor de US$ 432,2 milhões. Entre os principais destinos da carne in natura, estão o Chile, Hong Kong e os Emirados Árabes Unidos. Os dados são do MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços). Esse é tema do Mercado Agropecuário dessa segunda-feira (16).

continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

A perspectiva para os próximos meses ganhou força já que mais duas plantas frigoríficas do estado estão habilitadas a vender carne para a China, um mercado novo e robusto. Segundo o presidente do Sistema Famasul, Maurício Saito, essa abertura contribui para alavancar ainda mais o aumento da comercialização. “Pela característica de sermos um estado agropecuário, nós temos uma possibilidade de incremento regional e automaticamente também a Mato Grosso do Sul”.

O comunicado foi recebido pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), e Saito também destaca o valor pago por toneladas pelos chineses. “Isso nos traz novos mercados e a China é um grande player. A tonelada paga em média nos oito primeiros meses de 2019, supera US$ 4,9 mil dólares, que é cerca de 27% superior ao preço praticado pelos demais países. Então a abertura tem uma importância porque causa uma movimentação, não só na classe produtora, mas também em toda a sociedade de Mato Grosso do Sul”.

Ainda segundo o Mapa, o número de abates no Brasil durante os oito primeiros meses registrou um aumento de 10,7%, chegando aos 2,1 milhões de cabeças de gado e 548 mil toneladas. 

*Fonte: Famasul

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes