Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner 03
COMÉRCIO EXTERIOR

Brasil eleva em 9,5% comércio com EUA, mas diminui com outros países

Os dados foram divulgados hoje (16), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas

16 setembro 2019 - 16h26Por Agência Brasil*

As exportações brasileiras para os Estados Unidos cresceram 9,5% em agosto deste ano, na comparação com o mesmo período de 2018. Já as importações de produtos daquele país aumentaram 27,9%. Ao mesmo tempo, o comércio com os outros parceiros importantes (China, Argentina e União Europeia) teve queda.
 
Os dados foram divulgados hoje (16), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e mostram que as exportações brasileiras para a Argentina recuaram 38,9% no mês. As vendas para a China caíram 17,1%, enquanto o volume exportado para a União Europeia recuou 7%.
 
Considerando-se todos os países, a corrente de comércio do país, ou seja, a soma das exportações e importações, caiu 15% entre agosto de 2018 e agosto de 2019. Os valores exportados pelo Brasil, considerando o volume de exportação mais o preço cobrado por esses produtos e serviços, recuaram 13%. O valor dos importados caiu 17%.
 
Segundo nota da pela FGV, isso pode ser explicado pela “desaceleração no comércio mundial e o baixo nível da atividade brasileira”.
 
Em termos de volume, as exportações e importações tiveram a mesma queda (-13%), mas os preços dos bens importados recuaram mais do que os preços dos exportados. Em agosto, todos os setores tiveram queda no volume exportado, com destaque para a indústria de transformação.

continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

*Fonte: Agência Brasil
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes