Menu
Busca domingo, 26 de setembro de 2021
(67) 99874-0557
SENAR-MS Campanha Prevenção Incêndios 2021
LOGÍSTICA

BR-419 encurta acesso à Rota Bioceânica e cria novo corredor de desenvolvimento, diz secretário

Primeiro trecho da BR-419, em execução pela empreiteira Caiapó, corresponde a 52 km de pavimento, entre Rio Verde e Rio Negro, dos quais 36 km estão concluídos.

09 agosto 2021 - 18h17Por Semagro*

A pavimentação da BR-419, obra executada pelo governo federal, vai reduzir em 100 km a distância da região Norte com o eixo rodoviário que integra a Rota Bioceânica e criar um novo corredor de desenvolvimento do setor agropecuário, observou o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

continua depois da publicidade
Campanha Fendt última semana de Setembro liderboard
continua depois da publicidade
SENAR-MS  Campanha Prevenção Incêndios 2021

“É uma rota do desenvolvimento, onde também contempla o turismo, que tem sua complementação pelo nosso governo com projetos de infraestrutura logística em regiões como o Pantanal”, afirmou o titular da Semagro nesta segunda-feira (9), ao acompanhar o governador Reinaldo Azambuja, o ministro Tarcísio Gomes de Freitas (de Infraestrutura) e a ministra Tereza Cristina (da Agricultura) em visita técnica às obras de pavimentação do primeiro trecho da BR-419, entre Rio Verde e Rio Negro.

O primeiro trecho da BR-419 em execução pela empreiteira Caiapó corresponde a 52 km de pavimento, entre Rio Verde e Rio Negro, dos quais 36 km estão concluídos. Das 11 pontes de concreto projetadas nesse lote, sete foram entregues. A ordem de serviço dada pelo ministro de Infraestrutura contempla o quarto lote, entre Aquidauana e o Rio Taboco (55,5 km), que deverá ser iniciado em março de 2022. Os outros dois lotes somam 127 km, sem previsão de execução.

“Sinto-me muito feliz por acompanhar o canteiro de uma grande obra estruturante, que tem uma importância ímpar para o desenvolvimento do Estado e de uma região carente de logística, beneficiando a uma nova fronteira agrícola que se expande”, disse o governador. Ele citou que a BR-419, além de interligar as regiões Norte e Sudoeste, também se conecta ao bloco rodoviário que o Estado está implantando no Pantanal e rompendo o seu isolamento.

Parceria de resultados

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas enfatizou o alinhamento do governo federal com o governador Reinaldo Azambuja, na articulação dos projetos estruturantes para o Estado, com a participação efetiva também da bancada federal. E garantiu os recursos (R$ 60 milhões) no orçamento da União de 2022 para execução do segundo trecho da pavimentação da rodovia, cuja ordem de serviço autorizou durante sua agenda em Campo Grande.

“Esse alinhamento forte entre os governos federal e estadual está se materializando aqui nesta obra da maior importância, integrando regiões em franco desenvolvimento”, citou o ministro. “Uma parceria que se traduz em outros investimentos de grande porte, como a melhoria dos aeroportos de Coxim, Dourados e Bonito, os contornos rodoviários de Campo Grande e Três Lagoas e a viabilização dos eixos ferroviários da Malha Oeste e Ferroeste”, completou.

Para o secretário Eduardo Riedel (Infraestrutura), a pavimentação da BR-419 – são 236 km entre Rio Verde e Aquidauana - é uma obra de extrema relevância para regiões em desenvolvimento do agronegócio e reforça a política integracionista do governador Reinaldo Azambuja de levar logística ao Pantanal e aos polos de turismo. “Com a BR-419, que segue até Jardim, vamos unir por asfalto a MS-345 (antiga estrada do 21), encurtando distâncias até Bonito”, disse.

Também acompanharam a visita técnica os senadores Nelsinho Trad e Soraya Thronicke; diretores do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e lideranças políticas da região.


Por: Marcelo Armôa, Ascom Semagro /com informações da Subcom
* Conteúdo: Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DA SOJA
Saca da soja acumula valorização de 13% em 12 meses, em MS
MANEJO APÍCOLA
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Cientistas combinam imagens multiespectrais com raios X para analisar sementes
GESTÃO DE RISCOS
Guia virtual orienta produtores sobre o funcionamento do seguro rural
MERCADO FINANCEIRO
Bolsa cai pelo segundo dia e perde 2,48% em agosto
CRÉDITO FUNDIÁRIO
Prazo para análise de financiamento de imóvel para agricultores familiares diminui para seis meses
ANÁLISE CEPEA
Dados oficiais do IBGE confirmam baixa oferta de animais para abate
ECONOMIA
MS tem crescimento populacional acima da média nacional, com agronegócio impulsionando interior
ARMAZENAMENTO
Conab tem 150 imóveis qualificados no PPI; Hortomercados do RJ estão incluídos
PERSPECTIVAS
Conab estima produção total de 289,6 milhões de toneladas de grãos para safra 2021/22