Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner 03
ENERGIA

Semagro entrega licença de operação para usina inédita movida a biomassa de eucaliptos

A usina tem capacidade de produzir energia suficiente para abastecer uma cidade de 700 mil habitantes

12 abril 2021 - 11h17Por *Semagro

A Semagro (Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) entregou a Licença de Operação à Eldorado Brasil para início das atividades da usina termoelétrica Onça Pintada, movida a biomassa de eucalipto e instalada em Três Lagoas.

continua depois da publicidade
A DE ABELHA - ALFABETIZAÇÃO 02
continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

A licença emitida pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS) certifica o cumprimento da legislação ambiental vigente, que inclui monitoramento das emissões atmosféricas, além de resíduos sólidos e ruídos e foi entregue pelo secretário Jaime Verruck e o diretor-presidente do Imasul, André Borges. O projeto é inédito no Brasil por utilizar tocos e raízes dos eucaliptos colhidos para a fabricação de celulose.

"Este é um investimento inovador e inédito e está dentro da linha estratégica de desenvolver energias renováveis em Mato Grosso do Sul. Vamos produzir e vender energia elétrica através da biomassa de eucalipto, transformando os subprodutos de um produto que já tem grande importância para o o Estado". afirma o secretário Jaime Verruck.

A usina termoelétrica tem capacidade de produzir energia suficiente para abastecer uma cidade de 700 mil habitantes. Primeiro empreendimento da Eldorado Brasil na área de energia, a unidade recebeu R$ 400 milhões em investimentos próprios e funciona dentro do complexo da fábrica de celulose da Eldorado Brasil, em Três Lagoas. A planta terá capacidade para gerar 432 mil MegaWatts de energia por ano.

“Este é um projeto absolutamente inovador e com a capacidade de promover renovação no setor florestal brasileiro, implicando a realização de investimentos e a criação de milhares de empregos por todo o país”, avalia Carlos Monteiro, diretor industrial da Eldorado Brasil. "Com a ativação da usina, a Eldorado Brasil passa a ter um ciclo de 100% de aproveitamento do eucalipto, que ela mesma planta, e reitera seu papel de excelência na economia verde”, conclui.

Atualmente, a Eldorado Brasil já é autossuficiente do ponto de vista energético, pois usa resíduos do processo de fabricação da celulose como fonte de energia para abastecer seu parque fabril. Com a nova usina, a empresa passa a ofertar 100% limpa e sustentável ao sistema elétrico nacional, via Ambiente de Contratação Regulado (ACR), em contrato gerenciado pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

*Por: Priscilla Peres, Comunicação Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

RECURSOS HÍDRICOS
MS mantém destaque nacional no cumprimento de metas da ANA na gestão de recursos hídricos
TECNOLOGIA
Sem tratamento antifúngico adequado, pecuarista pode perder até um terço da silagem
ECONOMIA
Valor da Produção Agropecuária de 2021 deve ser 12,4% maior que o do ano passado
INOVAÇÃO
Empresário cria cerveja à base de soja
BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab