Menu
Busca segunda, 08 de março de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner
ANÁLISE CEPEA

Rentabilidade do tomate no 1º semestre supera a do mesmo período de 2018

Apesar dos preços baixos no início de janeiro, as cotações subiram expressivamente nos meses seguintes

08 agosto 2019 - 15h02Por Esalq/Cepea-Usp*

A rentabilidade da tomaticultura foi maior no primeiro semestre deste ano do que no mesmo período do ano passado. Apesar dos preços baixos no início de janeiro (ocasionados pelo calor intenso, que elevou a oferta do fruto), as cotações subiram expressivamente nos meses seguintes.

continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

Em abril/19, por exemplo, a caixa do tomate salada 2A teve preço médio de R$ 82,72, valor 93% superior ao do mesmo mês do ano passado (em termos nominais). Assim, a região de Itapeva (SP), que fechou o mês de janeiro no vermelho, conseguiu finalizar sua safra com 30% de rentabilidade média positiva.

No entanto, mesmo com os bons resultados da safra de verão, cuja colheita foi finalizada em maio, o destaque ainda fica para as praças da safra de inverno, que ofertam tomates a preços mais elevados.  Entre abril (início da temporada de inverno) e junho, o preço médio do tomate salada 2A foi de R$ 76,73/cx. 

Em Sumaré (SP), a primeira parte da safra terminou com rentabilidade bastante positiva: de 60%. Neste início de segundo semestre, o resultado não vem sendo diferente. Em julho, as cotações do tomate salada fecharam o mês com média de R$ 54,93/cx, 50% acima das estimativas de custo de produção. Nesses primeiros dias de agosto, os valores também vêm se mantendo em patamares superiores aos custos de produção, refletindo a menor oferta ocasionada pela redução das áreas cultivadas associada à menor produtividade em todas as safras (tanto de verão quanto de inverno e anual).

*Conteúdo: Cepea/Esalq-Usp
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes