Menu
Busca quinta, 30 de junho de 2022
(67) 99874-0557
BIOTECNOLOGIA

Região Sul-Fronteira de MS é a que mais se dedica ao manejo biológico da soja

De acordo com informações divulgadas pela Aprosoja, a maioria dos agricultores, cerca de 54%, usa o controle à base de fixadores de nitrogênio

10 junho 2021 - 07h34Por Agroa

A Aprosoja/MS - Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul, divulgou nesta segunda-feira (7), o levantamento biológico da safra 2020/2021 de soja. Os técnicos coletaram informações junto aos produtores e gerentes das propriedades do Estado e identificaram que a região, onde a maior parte dos produtores (85%) fazem uso de produtos biológicos é a Região Sul-Fronteira.

continua depois da publicidade
Campanha Pantanal Agrícola 01 300x250

A região Centro de MS também se destaca no uso de biológicos, em todas as demais o uso está abaixo ou igual a 35%.

Ao todo 1202 propriedades e 831 produtores foram visitados nas etapas de plantio e desenvolvimento da soja. Segundo o levantamento, 68% dos produtores entrevistados não adotaram o uso de produtos biológicos, sendo que 52% não souberam informar o motivo da não utilização.

De acordo com as informações divulgadas, 54% dos produtores utilizam o controle à base de fixadores de nitrogênio, 18% com nematicida biológico e 14% com fungicida microbiológico, outros 7% através de promovedores de ação microbiológico, 3% inseticida microbiológico, 2% bactericidas microbiológicos e apenas 1% adubo microbiológico.

O levantamento foi realizado em parceria com a Semagro – Secretaria de Estado e Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, por meio de recursos do Fundems e o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

* Conteúdo: Agroa

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA E INFORMAÇÃO
Sindicato Rural de Campo Grande reúne palestrantes nacionais de 8 e 11 de junho
AGRICULTURA
Aprosoja/MS identifica avanço na qualidade dos fertilizantes utilizados na soja
Do Pantanal para o mundo
Bolsas de luxo, sustentabilidade e empoderamento no Pantanal
SUINOCULTURA
Suinocultores de MS avançam índices de sustentabilidade e são reconhecidos por isso
PROSOLO
Entidades e produtores se unem para recuperar áreas degradadas na região do Taquari
ANÁLISE IMEA
Óleo de soja valoriza com demanda externa
ANÁLISE CEPEA
Cotações do milho disparam no porto de Paranaguá-PR
GRÃOS
Colheita da soja está praticamente finalizada em Querência - MT
REFLEXOS DA GUERRA
Importações de fertilizantes de Belarus ao Brasil foram suspensas
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
No Irã, ministra mostra potencial de exportação de produtos brasileiros