Menu
Busca sexta, 18 de junho de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Estapi Art 01 super banner
ANÁLISE CEPEA

Produtores de café avaliam impactos de geadas

Quanto ao mercado, a previsão de baixas temperaturas e geadas já havia impulsionado as cotações externas e internas dos cafés

10 julho 2019 - 15h15Por Esalq/Cepea-Usp*

Com as geadas registradas nos últimos dias em praticamente todas as regiões produtoras de café arábica, agentes consultados pelo Cepea agora dimensionam os possíveis impactos.

continua depois da publicidade
JA Training

Por enquanto, alguns colaboradores indicam que os prejuízos devem ser pequenos e que o clima prejudicou mais as lavouras do Paraná e algumas poucas áreas em São Paulo e Minas Gerais, mas em menor intensidade. A maioria dos relatos de danos refere-se a cafezais localizados em baixadas.

Quanto ao mercado, a previsão de baixas temperaturas e geadas já havia impulsionado as cotações externas e internas dos cafés arábica e robusta na semana passada, aumentando a liquidez. Porém, com o feriado de 4 de julho nos Estados Unidos e o recuo dos valores internacionais, o ritmo de negociação diminuiu no Brasil.

*Conteúdo: Cepea/Esalq-Usp

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANÁLISE CEPEA
Com baixa oferta de animais em peso de abate, preço do suíno vivo sobe
SUA LAVOURA MERECE!
Com 517 cv, Fendt 1000 Vario esbanja tecnologia e é considerado o maior trator monobloco do mundo
BIOTECNOLOGIA
Região Sul-Fronteira de MS é a que mais se dedica ao manejo biológico da soja
70 ANOS!
Eduardo Riedel confirma apresentação nos 70 anos do SRCG
ANÁLISE CEPEA
Alta externa eleva movimentação de soja nos portos brasileiros
MADEIRA
Com grande reserva de madeira, MS tem potencial de exportação para gigantes da celulose
RECURSOS HÍDRICOS
MS mantém destaque nacional no cumprimento de metas da ANA na gestão de recursos hídricos
ENERGIA
Semagro entrega licença de operação para usina inédita movida a biomassa de eucaliptos
TECNOLOGIA
Sem tratamento antifúngico adequado, pecuarista pode perder até um terço da silagem
ECONOMIA
Valor da Produção Agropecuária de 2021 deve ser 12,4% maior que o do ano passado