Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Agrinho 11-10 10-09
VAZIO SANITÁRIO

Produtor deve destruir plantas voluntárias de soja para evitar proliferação de fungo

Danos causados pela ferrugem asiática podem acarretar em perdas de até 90% de produtividade

17 junho 2019 - 16h47Por Agência Rural

Agricultores de Mato Grosso do Sul estão proibidos de cultivar e manter soja voluntária nos campos por noventa dias. O período de vazio sanitário da cultura, que começou no último dia 15, é exigido para reduzir, ao máximo, a proliferação do fungo causador da ferrugem asiática. O fungo Phakopsora pachyrhizi, é disperso pelo vento, não há barreiras que impeçam sua disseminação. Para se desenvolver, ele precisa de plantas suscetíveis, ambiente favorável e esporos (uredospóros), que seguem a direção do vento.

continua depois da publicidade
Campanha Agrinho 11-10 10-09

Quando a doença se estabelece numa lavoura, os danos podem causar perdas de até 90% de produtividade. Lesões e a senescência prematura das folhas podem diminuir os grãos e causar até a ausência de vagens, segundo os agrônomos. Na safra 2018/2019 o estado registrou 54 focos da doença, com redução de 52% em relação à safra 2017/2018. Apesar da diminuição do número de casos, os produtores precisam fazer a sua parte e eliminar qualquer planta voluntária que apareça na propriedade.

Neste ano, a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, assinou um termo de cooperação com a Associação dos Produtores de Soja. A parceria visa aumentar a conscientização dos produtores sobre os riscos da doença para a sanidade das lavouras e as consequências  econômicas em casos de grande exposição ao fungo.

O perído de proibição vai até o dia 15 de setembro. O agricultor que desrespeitar a lei pode ser autuado pela Iagro e, ainda, pagar multa de até mil UFERMS.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAFRA DE MILHO
Com 109 sacas, por hectare, Alcinópolis tem a maior produtividade média de MS, na safrinha
ANÁLISE CEPEA
Com novo reajuste, preço do ovo branco se aproxima do recorde nominal
SAFRA DE SOJA 21/22
Incertezas com relação ao comportamento do clima esfriam expectativas de super safra em MS
MERCADO DA SOJA
Saca da soja acumula valorização de 13% em 12 meses, em MS
MANEJO APÍCOLA
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Cientistas combinam imagens multiespectrais com raios X para analisar sementes
GESTÃO DE RISCOS
Guia virtual orienta produtores sobre o funcionamento do seguro rural
MERCADO FINANCEIRO
Bolsa cai pelo segundo dia e perde 2,48% em agosto
CRÉDITO FUNDIÁRIO
Prazo para análise de financiamento de imóvel para agricultores familiares diminui para seis meses
ANÁLISE CEPEA
Dados oficiais do IBGE confirmam baixa oferta de animais para abate