Menu
Busca segunda, 08 de março de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner
AGRICULTURA

Produção de 10 milhões de toneladas confirma safra recorde de soja em Mato Grosso do Sul

Os números foram revisados para cima devido aos bons resultados obtidos pela equipe técnica do Siga/MS

04 março 2020 - 11h54Por Semagro*

Mato Grosso do Sul terá safra recorde histórica de soja em 2020, com produção estimada em 10,5 milhões de toneladas e produtividade média de 55,7 sacas por hectare. Os números foram revisados para cima devido aos bons resultados obtidos pela equipe técnica do Siga/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) durante a colheita em andamento da safra 2019/2020.

continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

Inicialmente a previsão era de colher 9,9 milhões de toneladas de soja, com produtividade de 52,1 sc/ha. A área plantada com o grão soma 3,163 milhões de hectares. Na comparação com a safra 2018/2019, a produção de soja em Mato Grosso do Sul deve alcançar 20,15% de aumento na safra 2019/20, com 6,18% de expansão na área plantada.

“Os números confirmam a expectativa de safra recorde para o Mato Grosso do Sul, consolidando o Estado como grande produtor de grãos. Resultado de uma produção mais eficiente e que utiliza pesquisa e tecnologia para resultados cada vez melhores”, afirma o secretário Jaime Verruck, titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Os dados atualizados foram divulgados nesta terça-feira (03) no boletim técnico da Casa Rural, elaborado pela Famasul (Federação da Agricultura de MS) e a Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja do Estado).

A soja está 45,5% colhida em Mato Grosso do Sul, com todas as regiões seguindo a média. Nos últimos dez dias foram colhidos 752 mil hectares, mas na comparação com o mesmo período do ano passado, a colheita está 27% atrasada, devido à estiagem que atingiu o Estado na época de plantio.

No mercado interno os números também são bons. Até 2 de março, o Estado já havia comercializado 57,5% da safra de soja, conforme dados da Granos Corretora. O percentual é 17% maior que os 40% comercializados na mesma época do ano passado. O preço médio de fevereiro ficou em R$ 74,25 por saca, maior que os R$ 66,63 pagos na mesma época de 2019.

*Fonte: Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes