Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Fendt última semana de Setembro
SOJA NO TOPO

Preço da soja segue batendo recorde em MS

Valor da saca já subiu 80% nos últimos 12 meses

03 setembro 2020 - 13h10Por Agência Rural

Restando apenas 2,2% do estoque de grãos da última safra nos armazéns, o preço da soja vai trilhando um caminho jamais visto em Mato Grosso do Sul. Nesta semana, a saca de 60kg registrou ofertas de R$ 134,50 na praça de São Gabriel do Oeste. O valor representa um aumento de 80% na comparação com agosto de 2019. 

continua depois da publicidade
Campanha Fendt última semana de Setembro liderboard
continua depois da publicidade
Campanha Fendt última semana de Setembro Square

Mas, o que está provocando este aumento sem precedentes? O consultor de mercado Aldo Barrigosse, explica que são vários os motivos. "Os preços altos da soja são provocados por estoque enxuto, fazendo com que indústrias nacionais se disponham a pagar por novos lotes, o equivalente aos valores praticados do produto nos portos. Outro fator importante é o aumento da demanda internacional. De janeiro a julho de 2020 as exportações de soja de Mato Grosso do Sul cresceram 52%, tendo a China como maior comprador". O consultor também aponta a alta do dólar, que valorizou 40% sobre o Real neste ano. " Esse cenário faz o agricultor receber mais pelo seu produto e, em contrapartida, isso se transforma em mais investimento no campo", finaliza Aldo.

Ingrediente de peso

O complexo soja tem um peso muito importante entre os ingredientes que compõem as principais receitas do agro. Além de matéria-prima para a fabricação de óleo comestível e biodiesel, o grão também forma a base da ração de suínos, aves e bovinos. E a demanda aquecida por proteína animal tem ocasionado uma grande corrida em busca dos grãos. O farelo de soja, por exemplo, registra aumento de quase 100%. Em algumas regiões de Mato Grosso do Sul, a tonelada já é comercializada na casa dos R$ 2 mil reais.

Resta saber como o mercado vai se comportar até o fim do ano. O certo é que a soja da nova safra, em MS, só vai chegar aos armazéns no fim de janeiro - no caso das cultivares mais precoces. Até lá, quem precisar de soja de maneira mais urgente terá que pagar pelo preço de balcão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DA SOJA
Saca da soja acumula valorização de 13% em 12 meses, em MS
MANEJO APÍCOLA
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Cientistas combinam imagens multiespectrais com raios X para analisar sementes
GESTÃO DE RISCOS
Guia virtual orienta produtores sobre o funcionamento do seguro rural
MERCADO FINANCEIRO
Bolsa cai pelo segundo dia e perde 2,48% em agosto
CRÉDITO FUNDIÁRIO
Prazo para análise de financiamento de imóvel para agricultores familiares diminui para seis meses
ANÁLISE CEPEA
Dados oficiais do IBGE confirmam baixa oferta de animais para abate
ECONOMIA
MS tem crescimento populacional acima da média nacional, com agronegócio impulsionando interior
ARMAZENAMENTO
Conab tem 150 imóveis qualificados no PPI; Hortomercados do RJ estão incluídos
PERSPECTIVAS
Conab estima produção total de 289,6 milhões de toneladas de grãos para safra 2021/22