Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner
OPORTUNIDADE

"É um momento muito importante para o produtor aproveitar os bons preços", diz presidente da Aprosoja-MS sobre valorização dos grãos

Para Juliano Schmaedeck, os agricultores devem aproveitar bons preços para travar custos de produção

04 junho 2019 - 06h30Por Agência Rural*

Otimista, porém cauteloso. É assim que o presidente da Aprosoja-MS, Juliano Schmaedeck, avalia o movimento de preços dos grãos no país. Juliano lembrou que o cenário desenha uma safra muito boa, não só para Mato Grosso do Sul, mas também para Mato Grosso, Goiás, Paraná e Tocantins. Por isso, segundo ele, os produtores precisam ficar atentos ao grande volume de milho que será ofertado. " A supersafra, quando ela chegar, provavelmente teremos baixas de preços. Então, quem precisa de dinheiro no curto prazo, é muito importante que aproveite esse momento para fazer bons travamentos. Milho entre R$ 27,00 e R$ 28,00 dá pra fazer uma média boa". Avalia.

continua depois da publicidade
Programa de fidelização banner 02

Nessa segunda-feira, a saca de 60 quilos do milho voltou a ser negociada na casa dos R$ 30,00 no estado. O preço representa um aumento aproximado de 10% em relação ao começo da semana passada, quando a saca do cereal era negociada a R$ 27,00.

Os preços do milho, que estavam em movimento de queda desde março, passaram a subir em maio, especialmente na segunda quinzena. O Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) registrou elevação de 14,66% no acumulado de maio (de 30 de abril a 31 de maio), fechando a R$ 38,56/sc de 60 kg na sexta-feira. Segundo pesquisadores do Cepea, o impulso vem da retração de vendedores, que estão atentos ao atual maior ritmo das exportações e também à possibilidade de que as vendas externas sigam aquecidas nos próximos meses. Do lado comprador, muitos agentes, desabastecidos, precisam aumentar os valores para conseguir fechar negócios – que, por sua vez, se restringem a pequenos lotes.

* Com informações de Esalq/Cepea-Usp 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes