Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Estapi Art 01 super banner
SAFRINHA

Colheita do milho avança e chega aos 64,1% da área em MS

Em plena colheita valores da saca batem recorde e atingem a marca dos R$ 50,00

04 setembro 2020 - 08h15Por Agência Rural

O clima com muito sol e baixa umidade relativa do ar, em MS, foi favorável para o avanço da operação de colheita do milho segunda safra. Relatório do projeto SIGA-MS, divulgado essa semana, pelo Boletim Casa Rural - Famasul, estima que as últimas áreas sejam colhidas até dia 18 de setembro.

continua depois da publicidade
Programa de fidelização banner 02

A área colhida até o dia 28 de agosto, acompanhada pelos técnicos, alcançou 64,1% de 1,895 milhão de hectares cultivados nesta safra. A região norte está com a colheita mais avançada, com média de 81,7%, enquanto a região centro segue com 68,9% e a região sul com 59,4%. Por enquanto, a produtividade média de 76 sacas por hectare, prevista pela Aprosoja-MS, está mantida. A associação dos produtores estima uma produção próxima a 8,6 milhões de toneladas.

Mercado

A saca do cereal segue valorizada em plena colheita. No dia 31 de agosto a cotação média atingiu R$50,00. Preço nunca praticado antes em Mato Grosso do Sul. Contudo, segundo relatório técnico do projeto SIGA-MS, apesar das cotações recordes, não significa que o produtor esteja recebendo esses valores. Isso porque há uma escassez de estoques de milho junto ao produtor neste momento, diante da comercialização antecipada da safra.

Veja abaixo resumo da safra 2019-2020 nas regiões produtoras de MS:

NORTE: 

Situação da Lavoura: Colheita avançada em toda região, caminhando para sua finalização.

Clima: Na segunda semana do mês de setembro não há previsão de chuva na região, possibilitando o avanço da colheita.

Expectativa dos Produtores: Até o momento as produtividades alcançadas na região estão acima da média estadual prevista pela Aprosoja/MS.

NORDESTE:

Situação da Lavoura: Colheita avançada em toda região, caminhando para sua finalização. Foi possível observar vários produtores realizando a aplicação de corretivos, como preparação do solo para o cultivo da próxima safra de soja.

Clima: A região já está aproximadamente 70 dias sem chuva e não há previsão de novas precipitações na segunda semana de setembro.

Expectativa dos produtores: Até o momento as produtividades alcançadas na região estão acima da média estadual prevista pela Aprosoja/MS.

OESTE:

Situação da Lavoura: Colheita intensa, entretanto está com atraso. Acredita-se que antes do dia 18 de setembro seja encerrada.

Clima: Na segunda semana do mês de setembro há previsão chuva na região, de no máximo 5 mm.

Expectativa dos Produtores: Por enquanto, as produtividades alcançadas estão na média estadual prevista pela Aprosoja/MS.

CENTRO: 

Situação da Lavoura: Colheita intensa, entretanto está com atraso. Acredita-se que antes do dia 12 de setembro seja encerrada.

Clima: Na primeira semana de setembro não há previsão chuva na região.

Expectativa dos Produtores: Por enquanto, as produtividades observadas na região estão na média estadual prevista pela Aprosoja/MS.

SUL:

Situação da Lavoura: Colheita intensa, entretanto está com atraso. Acredita-se que antes do dia 12 de setembro seja encerrada.

Clima: Na segunda semana de setembro não há previsão chuva na região.

Expectativa dos Produtores: Até agora as produtividades alcançadas na região estão acima da média estadual prevista pela Aprosoja/MS.

SUDOESTE:

Situação da Lavoura: Colheita intensa, entretanto está com atraso. Acredita-se que antes do dia 12 de setembro seja encerrada.

Clima: Na primeira semana de setembro há previsão chuva na região, de no máximo 15 mm.

Expectativa dos Produtores: Até o momento as produtividades alcançadas na região estão acima da média estadual prevista pela Aprosoja/MS.

SUL-FRONTEIRA:

Situação da Lavoura: Colheita intensa, entretanto está com atraso. Acredita-se que antes do dia 12 de setembro seja encerrada.

Clima: Na segunda semana do mês de setembro há previsão chuva na região, de no máximo 15 mm.

Expectativa dos Produtores: Por enquanto as produtividades alcançadas na região estão na média estadual prevista pela Aprosoja/MS. 

SUDESTE:

Situação da Lavoura: Colheita intensa, entretanto está com atraso. Acredita-se que antes do dia 18 de setembro seja encerrada.

Clima: Na segunda semana do mês de setembro há previsão chuva na região, de no máximo 5 mm.

Expectativa dos Produtores: As produtividades alcançadas nas áreas de sequeiro na região estão abaixo da média estadual prevista pela Aprosoja/MS. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes