Menu
Busca quinta, 18 de agosto de 2022
(67) 99874-0557
ANÁLISE CEPEA

Mercado interno do arroz segue lento; dólar alto eleva exportações

Em setembro, os embarques brasileiros de arroz (em equivalente casca) somaram 130,2 mil toneladas, 13,7% a mais que em agosto/21

13 outubro 2021 - 18h50Por Cepea/Esalq-Usp*

Enquanto o mercado interno segue com baixa liquidez, em um ambiente de queda na produção industrial e de consequente pressão de demandantes sobre as cotações, vendedores se voltam às exportações, que estão aquecidas e favorecidas pelo dólar alto. 

continua depois da publicidade
Campanha Pantanal Agrícola 01 300x250

O Indicador ESALQ/SENAR-RS do arroz 58% grãos inteiros caiu 1,26% entre 4 e 11 de outubro, encerrando a R$ 73,64/sc de 50 kg na segunda-feira, 11. 

Em setembro, os embarques brasileiros de arroz (em equivalente casca) somaram 130,2 mil toneladas, 13,7% a mais que em agosto/21 e expressivos 66,6% acima dos de setembro/20, segundo dados da Secex. Já as importações totalizaram 77,9 mil toneladas de arroz (equivalente casca) em setembro/21, volume 1,2% inferior ao de agosto, o quinto mês consecutivo de redução nas compras externas. 

*Conteúdo: Esalq/Cepea/Usp 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA E INFORMAÇÃO
Sindicato Rural de Campo Grande reúne palestrantes nacionais de 8 e 11 de junho
AGRICULTURA
Aprosoja/MS identifica avanço na qualidade dos fertilizantes utilizados na soja
Do Pantanal para o mundo
Bolsas de luxo, sustentabilidade e empoderamento no Pantanal
SUINOCULTURA
Suinocultores de MS avançam índices de sustentabilidade e são reconhecidos por isso
PROSOLO
Entidades e produtores se unem para recuperar áreas degradadas na região do Taquari
ANÁLISE IMEA
Óleo de soja valoriza com demanda externa
ANÁLISE CEPEA
Cotações do milho disparam no porto de Paranaguá-PR
GRÃOS
Colheita da soja está praticamente finalizada em Querência - MT
REFLEXOS DA GUERRA
Importações de fertilizantes de Belarus ao Brasil foram suspensas
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
No Irã, ministra mostra potencial de exportação de produtos brasileiros