Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Estapi Art 01 super banner
MAIS ALGODÃO

Produção do algodão atingirá novo recorde em MS

Ao fim da semeadura, na safra 2018/2019, produção de algodão em pluma deve atingir 71 mil toneladas

25 junho 2019 - 06h30Por Agro Agência*

A eficiência dos agricultores está elevando a produção no Estado. A expectativa da Ampasul, Associação Sul-Mato-grossense dos Produtores de Algodão, é de que a área, 25% maior do que a safra passada, acumule produção de 71 mil toneladas do algodão em pluma. O volume é superior ao último recorde, atingido no ciclo 2017/2018, quando saíram dos campos 58 mil toneladas da pluma.

continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

A área no ciclo passado foi de 30.400 hectares, enquanto que neste ano o algodão ocupou 37.900 hectares em MS. “O avanço se deve ao plantio consorciado, avançando em áreas antes dedicada a outras culturas, como soja, milho e pastagem. O emprego de tecnologias e o empenho do produtor rural também são diferenciais no setor”, relata o diretor-executivo da Ampasul, Adão Hoffmann.

Os números dizem respeito às duas regiões que se dedicam à cultura, Centro-Sul e Centro Norte, sendo Chapadão do Sul e Costa Rica os municípios que mais se destacam na atividade. A colheita na região Centro-Sul está finalizada (safra), já no Centro-Norte deve se estender até o fim do mês de agosto.

Na produção do algodão em pluma Mato Grosso do Sul deve ficar na quinta posição no ranking nacional, atrás de Mato Grosso, Bahia, Goiás e Minas Gerais, segundo a Ampasul.

20 anos de Ampasul

No mês de  agosto a Ampasul comemorará 20 da sua fundação. A entidade vai brindar as duas décadas com a inauguração de uma sede social com cerca de 4.200 m², incluindo espaço administrativo e um centro de evento multifuncional para até 1.350 pessoas, que será utilizado para palestras, cursos, treinamentos e eventos para o setor agropecuário e comunidade em geral.

O novo ambiente conta também com amplo e moderno laboratório de classificação de algodão com uma estrutura física e equipamentos de última geração, que atenderá todos os produtores de algodão de Mato Grosso do Sul e estados vizinhos.

Todo o complexo, depois de pronto, custará cerca de R$ 20 milhões.

* Fonte: Agro Agência

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes