Menu
Busca sexta, 18 de junho de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner 03
ECONOMIA

União vai receber R$ 210 milhões por petróleo de campo do pré-sal

O valor foi acertado através de um acordo entre a companhia petrolífera e a Pré-Sal Petróleo

14 outubro 2019 - 13h15Por Agência Brasil*

A Petrobras pagará R$ 210 milhões à União referentes à parte da produção de petróleo da jazida compartilhada de Tartaruga, que se localiza entre os campos de Tartaruga Verde e Tartaruga Verde Sudoeste, na Bacia de Campos, no estado do Rio de Janeiro.

continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

O valor foi acertado através de um acordo entre a companhia petrolífera e a Pré-Sal Petróleo, estatal que cuida dos contratos de concessão do pré-sal.
 
Segundo a Pré-Sal Petróleo, ao iniciar a exploração da área BM-C-36, em 2004, a Petrobras descobriu duas jazidas na área. Uma delas, no entanto, se estendia para um setor que não fazia parte do contrato de concessão.

Acordo de individualização

Quando um campo de petróleo extrapola a área de concessão, a petrolífera precisa assinar um acordo de individualização da produção em que a União passa a ter direito a uma parcela da produção e uma responsabilidade equivalente sobre os gastos.
 
Na Jazida Compartilhada de Tartaruga, a União tem a participação de 17,85%. No cálculo, em que se somam as receitas e se subtraem os custos, chamado de Equalização de Gastos e Volumes (EGV), a União teve um lucro de R$ 210 milhões.
 
Essa é a terceira EGV concluída pela Pré-Sal Petróleo. Entre dezembro de 2018 e abril deste ano, acordos com o consórcio BM-S-9, que explora o campo de Sapinhoá, na Bacia de Santos, resultaram em ganhos de R$ 955 milhões para a União.


*Fonte: Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANÁLISE CEPEA
Com baixa oferta de animais em peso de abate, preço do suíno vivo sobe
SUA LAVOURA MERECE!
Com 517 cv, Fendt 1000 Vario esbanja tecnologia e é considerado o maior trator monobloco do mundo
BIOTECNOLOGIA
Região Sul-Fronteira de MS é a que mais se dedica ao manejo biológico da soja
70 ANOS!
Eduardo Riedel confirma apresentação nos 70 anos do SRCG
ANÁLISE CEPEA
Alta externa eleva movimentação de soja nos portos brasileiros
MADEIRA
Com grande reserva de madeira, MS tem potencial de exportação para gigantes da celulose
RECURSOS HÍDRICOS
MS mantém destaque nacional no cumprimento de metas da ANA na gestão de recursos hídricos
ENERGIA
Semagro entrega licença de operação para usina inédita movida a biomassa de eucaliptos
TECNOLOGIA
Sem tratamento antifúngico adequado, pecuarista pode perder até um terço da silagem
ECONOMIA
Valor da Produção Agropecuária de 2021 deve ser 12,4% maior que o do ano passado