Menu
Busca segunda, 08 de março de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner
MATO GROSSO DO SUL

Quase metade da safra de soja 2019/2020 já foi comercializada em MS

Segundo levantamento da Granos Corretora, houve avanço de 8 pontos percentuais

17 fevereiro 2020 - 13h11Por Famasul*

Os produtores rurais de Mato Grosso do Sul comercializaram, até 10 de fevereiro, 46,5% da safra de soja 2019/20. Segundo levantamento da Granos Corretora, houve avanço de 8 pontos percentuais comparado ao índice apresentando em igual período da safra 2018/19. 

continua depois da publicidade
Campanha Estampi Art 01 Square Banner

O preço médio da saca no mês de fevereiro ficou em R$ 73,63, no comparativo com mesmo período do ano passado. O aumento nominal foi de 10,6%, quando a saca da oleaginosa havia sido cotada, em média, a R$ 66,53. “As cotações do grão subiram e permanecem sustentados pela forte demanda, o baixo excedente de soja e as valorizações da moeda americana”, afirma a analista técnica do Sistema Famasul, Bruna Dias.

Até a segunda semana de fevereiro, Mato Grosso do Sul comercializou 3,5 mil toneladas de soja. A China aparece como o principal destino, com 90,1% do total das exportações desta comoditie e, em seguida, a Tailândia, com 9,8% da receita.

Lançamento da Colheita – A Aprosoja/MS e o Sistema Famasul divulgaram, na sexta-feira (14), em Campo Grande, as perspectivas para a colheita da soja safra 2019/2020. Segundo o levantamento do SIGA/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), a estimativa é que a produção seja de 9,9 milhões de toneladas, um recorde em Mato Grosso do Sul, com aumento de 12,5% em relação ao ciclo anterior.

O levantamento indica que, nesta safra, a área plantada será de 3,1 milhões de hectares, um aumento de 6,18% frente à última temporada, que foi de 2,9 milhões de hectares. A produtividade deve ser de 52,1 sacas por hectare.

A analista técnica do Sistema Famasul, Tamiris Azoia, explica que o aumento da área de plantio é benéfico para o estado. “A expansão da cultura da soja em Mato Grosso do Sul tem ocorrido sobre pastagens degradadas, o que gera benefícios agronômicos, sociais e ambientais".

Ainda conforme o departamento técnico, a colheita da soja já atingiu cerca 5% em todo o estado, que é o 5º maior produtor de soja do país. Nas primeiras posições estão Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e Goiás.

Milho – Para Mato Grosso do Sul, a expectativa de área plantada é de 1,9 milhões de hectares.

*Fonte: Famasul

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes