Menu
Busca sexta, 24 de setembro de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Fendt última semana de Setembro
REPRESENTATIVIDADE

Produtores rurais assumem cadeira na Frente Parlamentar de Recursos Hídricos de MS

A Frente é coordenada pelo deputado estadual Renato Câmara e conta com mais 10 parlamentares e 29 empresas e entidades do Estado

14 agosto 2019 - 11h43Por Agro Agência*

O presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Rochedo e Corguinho (SRCG), Alessandro Coelho, assumiu nesta terça-feira (13) uma vaga na Frente Parlamentar de Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.  A Frente é coordenada pelo deputado estadual Renato Câmara e conta com mais 10 parlamentares e 29 empresas e entidades do Estado.

continua depois da publicidade
Campanha Fendt última semana de Setembro liderboard
continua depois da publicidade
Campanha Fendt última semana de Setembro Square

“Nosso papel será a representação dos produtores rurais no desenvolvimento de emendas parlamentares que contribuam com o setor”, explica Alessandro Coelho. “Temos uma série de problemáticas hídricas no Estado e precisamos prevenir danos ambientais e às propriedades, como ocorreu na região do Paiaguás, em que o Rio Taquari inundou fazendas, inviabilizando atividades agropecuárias”, completa o presidente do SRCG.

Segundo o coordenador Frente Parlamentar, Renato Câmara, essa é a finalidade, reunir informações de diferentes agentes, levantar as demandas e agir por meio da casa legislativa. “A consolidação da Frente é para que possamos, através do debate, colher as informações e dados estatísticos, além de previsões que permitam fazer os encaminhamentos. Existem várias metas para Mato Grosso do Sul para proteção dos recursos hídricos, através de pactos federativos”, relata.

"Temos uma grande oportunidade com a colaboração de cada entidade aqui representada, para poder avançar na legislação, avançar em busca de apoio e sensibilização do Governo do Estado, para investimentos", destacou o deputado estadual.

A primeira ação do SRCG para contribuição aos trabalhos da Frente Parlamentar de Recursos Hídricos de MS, será um reunião no dia 3 de setembro, para apresentar questões ligadas ao Rio Taquari e o impacto nas propriedades rurais da região do Paiaguás. “Vamos apresentar a questão ao coordenador da Frente e verificarmos a viabilidade da criação de uma emenda, para evitar maiores impactos”, sinalizou o presidente do Sindicato, que é suplente do assessor para assuntos ambientais do SRCG, Ramão Jardim, titular da Frente Parlamentar.

 *Fonte: Agro Agência

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DA SOJA
Saca da soja acumula valorização de 13% em 12 meses, em MS
MANEJO APÍCOLA
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Cientistas combinam imagens multiespectrais com raios X para analisar sementes
GESTÃO DE RISCOS
Guia virtual orienta produtores sobre o funcionamento do seguro rural
MERCADO FINANCEIRO
Bolsa cai pelo segundo dia e perde 2,48% em agosto
CRÉDITO FUNDIÁRIO
Prazo para análise de financiamento de imóvel para agricultores familiares diminui para seis meses
ANÁLISE CEPEA
Dados oficiais do IBGE confirmam baixa oferta de animais para abate
ECONOMIA
MS tem crescimento populacional acima da média nacional, com agronegócio impulsionando interior
ARMAZENAMENTO
Conab tem 150 imóveis qualificados no PPI; Hortomercados do RJ estão incluídos
PERSPECTIVAS
Conab estima produção total de 289,6 milhões de toneladas de grãos para safra 2021/22