Menu
Busca domingo, 13 de junho de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Estapi Art 01 super banner
AÇÃO ESTRATÉGICA

Paraguai inaugura 40 km da Transchaco, rodovia estratégica para a Rota Bioceânica

22 novembro 2019 - 14h00Por Semagro*

O governo do Paraguai entrega nesta sexta-feira (22) o primeiro trecho pavimentado da Rodovia PY-09, que interligará os oceanos Atlântico e Pacífico pelo Corredor Bioceânico Brasil-Chile, passando por Mato Grosso do Sul. São 40 quilômetros, de um total de 277 quilômetros em obras, ligando Carmelo Peralta (Alto Paraguai), na fronteira com Porto Murtinho, a Loma Plata (Boquerón).

continua depois da publicidade
A DE ABELHA - ALFABETIZAÇÃO 02
continua depois da publicidade
A DE ABELHA - ALFABETIZAÇÃO

A inauguração ocorrerá em cerimônia na fronteira com Mato Grosso do Sul, às 8h30, com a presença do presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez.

A PY-09 corta o chaco paraguaio, chamada de Transchaco, único trecho não pavimentado da ligação transcontinental que abrirá uma nova rota para exportações de produtos de Mato Grosso do Sul pelos portos do Chile. Além desse investimento, o governo paraguaio assumiu, por meio da Itaipu Binacional, a construção da ponte sobre o Rio Paraguai, entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta.

Obra estratégica

A Bioceânica reduzirá em 17 dias o trajeto de viagem das commodities do Estado até o mercado asiático, embarcando nos portos chilenos, ao invés de usar os terminais de Paranaguá (PR) e de Santos (SP). Partindo de Campo Grande, a rodovia vai percorrer 2.400 quilômetros até o Pacífico, integrando Brasil, Paraguai, Argentina e Chile.

O trecho de 40 quilômetros – em duas frentes, a partir de Carmelo Peralta e Loma Plata – será entregue pelo Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai. Com conclusão prevista para fevereiro de 2023, o asfalto da PY-09 está sendo implantado pelo Consórcio Corredor Vial Oceânico (Queiróz Galvão AS-Ocho A).

Ao custo de US$ 440 milhões, a obra está subdividida em 40 trechos e representa não apenas um marco estratégico para viabilizar a integração comercial e cultural dos quatro países, mas o desenvolvimento de uma região isolada do Paraguai. Está sendo implantada uma nova rodovia, paralela à de terra, com aterro para evitar as cheias e asfalto com espessura de 26 centímetros.

No próximo ano, o governo paraguaio licitará o segundo trecho (220 quilômetros) da rodovia – Loma Plata-tríplice fronteira com a Argentina e a Bolívia -, entre as cidades de Mariscal Estigarribia (Paraguai) e Pozo Hondo (Argentina). Da Argentina aos portos do Chile a rodovia é pavimentada, passando pelas Cordilheiras dos Andes e o Deserto do Atacama.

*Fonte: Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANÁLISE CEPEA
Com baixa oferta de animais em peso de abate, preço do suíno vivo sobe
SUA LAVOURA MERECE!
Com 517 cv, Fendt 1000 Vario esbanja tecnologia e é considerado o maior trator monobloco do mundo
BIOTECNOLOGIA
Região Sul-Fronteira de MS é a que mais se dedica ao manejo biológico da soja
70 ANOS!
Eduardo Riedel confirma apresentação nos 70 anos do SRCG
ANÁLISE CEPEA
Alta externa eleva movimentação de soja nos portos brasileiros
MADEIRA
Com grande reserva de madeira, MS tem potencial de exportação para gigantes da celulose
RECURSOS HÍDRICOS
MS mantém destaque nacional no cumprimento de metas da ANA na gestão de recursos hídricos
ENERGIA
Semagro entrega licença de operação para usina inédita movida a biomassa de eucaliptos
TECNOLOGIA
Sem tratamento antifúngico adequado, pecuarista pode perder até um terço da silagem
ECONOMIA
Valor da Produção Agropecuária de 2021 deve ser 12,4% maior que o do ano passado