Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner
ECONOMIA

Novo terminal portuário de Porto Murtinho inicia atividades em fevereiro

A FV Cereais deve exportar cerca de 1,2 milhão de toneladas de soja e milho por ano

23 janeiro 2020 - 16h13Por Agro Agência*

Durante a abertura do Showtec 2020 o governado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, confirmou o início das atividades do novo terminal portuário do município de Porto Murtinho. Segundo o executivo o início das exportações está previsto para 24 de fevereiro.

continua depois da publicidade
A DE ABELHA - ALFABETIZAÇÃO 02
continua depois da publicidade
A DE ABELHA - ALFABETIZAÇÃO

“Fruto de um trabalho e incentivo que oferecemos para potencializar uma atividade portuária nova. Além dos investimentos da bioceânica, hidrovias e ferrovias, para destravar esse modal logístico”, justificou Azambuja.

Segundo a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), esse é só o começo do avanço logístico no Estado. “Temos uma série de necessidades logísticas, mas a exploração das hidrovias foi por muito tempo um grande anseio dos produtores rurais. Precisamos de adequações rodoviárias e também de investimentos em ferrovias, ações que vão deixar nosso estado muito mais competitivo, levando em consideração sua localização estratégia e sua produção de qualidade”, avalia o presidente da Aprosoja/MS, André Dobashi.

Com o início nas exportações a FV Cereais se consolidará com um dos maiores exportadores do Estado. Atualmente com sede em Dourados a empresa já exporta cerca de 1,2 milhão de toneladas de soja e milho por ano. Agora, com o investimento no terminal foi de R$ 110 milhões, o grupo terá capacidade para movimentar dois milhões de toneladas/ano de grãos e açúcar.

Para aproveitar as embarcações que vão percorrer a América do Sul, o grupo vai importar fertilizantes do Uruguai. Uma remessa experimental já foi realizada em 2018, quando trouxeram 2 mil toneladas do produto, e economizaram cerca de 8% em comparação com a importação via o Porto de Paranaguá, no Paraná.


*Fonte: Agro Agência

Deixe seu Comentário

Leia Também

RECURSOS HÍDRICOS
MS mantém destaque nacional no cumprimento de metas da ANA na gestão de recursos hídricos
ENERGIA
Semagro entrega licença de operação para usina inédita movida a biomassa de eucaliptos
TECNOLOGIA
Sem tratamento antifúngico adequado, pecuarista pode perder até um terço da silagem
ECONOMIA
Valor da Produção Agropecuária de 2021 deve ser 12,4% maior que o do ano passado
INOVAÇÃO
Empresário cria cerveja à base de soja
BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita