Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Fendt última semana de Setembro
AÇÃO ESTRATÉGICA

MS e MT se unem para combater queimadas e preservar o Bioma Pantanal

A união tem a finalidade de executar ações de prevenção, preparação e combate a incêndios florestais no Bioma Pantanal

01 novembro 2019 - 07h13Por Semagro*

Preocupado com os incêndios que atingem a região do Pantanal, o Governo de Mato Grosso do Sul, através da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e o Corpo de Bombeiros, assinaram nesta quarta-feira (30.10) um termo de cooperação com o estado de Mato Grosso, que tem como finalidade coordenar e executar ações de prevenção, preparação e combate a incêndios florestais no Bioma Pantanal, contribuindo consequentemente com a redução da emissão de gases geradores do efeito estufa, redução do desmatamento e a preservação da biodiversidade.

continua depois da publicidade
Campanha Fendt última semana de Setembro liderboard
continua depois da publicidade
SENAR-MS  Campanha Prevenção Incêndios 2021

Presente na solenidade o secretário da Sejusp, Antonio Carlos Videira, que no ato representou o governador Reinaldo Azambuja, destacou que o turismo tem sido uma grande fonte de renda para Mato Grosso do Sul, sendo papel da segurança pública garantir ações efetivas e de resposta rápida, a exemplo desta parceria com o Mato Grosso para conter incêndios em grandes proporções como o que atinge o Pantanal, considerado um dos principais destinos turísticos do Brasil.

“MS é o irmão mais novo de MT. Temos relevos, biomas parecidos, belezas naturais incomuns e precisamos defender esse patrimônio, mas para isso é necessário unir forças e buscar parcerias, quer seja no setor público ou no privado. A formalização deste termo visa a desburocratização, além de ratificar o compromisso dos cidadãos sul-mato-grossenses com o Mato Grosso e com o Brasil”, pontuou Videira.

Já o secretário secretário-adjunto de Integração Operacional MT, coronel Victor Paulo Fortes, frisou a satisfação de formalizar este termo de cooperação com o MS, que tem como principal objetivo preservar o Pantanal, considerado patrimônio da humanidade. “Acredito que a integração é o caminho do sucesso, e estamos abertos para qualquer atuação conjunta em relação à segurança pública que traga bem-estar para nossas populações”, destacou o coronel representante do governo do Mato Grosso.

Conforme o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, está sendo preparado um acordo mais amplo no que diz respeito as ações conjuntas de fiscalização do Bioma Pantanal, além da realização de estudos para uniformizar a legislação dos dois estados. O dirigente da Semagro, ainda noticiou em primeira mão que será adquirido pelo Instituto de Meio Ambiente (Imasul) um equipamento que fica acoplado ao helicóptero, que é um reservatório de lona com capacidade para captar 540 litros de água, utilizado para controlar incêndios no período de maior de incidência de queimadas urbana e florestal.

Também estiveram presentes no ato de formalização do termo de cooperação entre os dois estados o comandante do Corpo de Bombeiro de MS, Coronel Joilson do Amaral, e do Corpo de Bombeiro de MT, coronel Alessandro Borges Ferreira, entre outras autoridades.

*Fonte: Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DA SOJA
Saca da soja acumula valorização de 13% em 12 meses, em MS
MANEJO APÍCOLA
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Cientistas combinam imagens multiespectrais com raios X para analisar sementes
GESTÃO DE RISCOS
Guia virtual orienta produtores sobre o funcionamento do seguro rural
MERCADO FINANCEIRO
Bolsa cai pelo segundo dia e perde 2,48% em agosto
CRÉDITO FUNDIÁRIO
Prazo para análise de financiamento de imóvel para agricultores familiares diminui para seis meses
ANÁLISE CEPEA
Dados oficiais do IBGE confirmam baixa oferta de animais para abate
ECONOMIA
MS tem crescimento populacional acima da média nacional, com agronegócio impulsionando interior
ARMAZENAMENTO
Conab tem 150 imóveis qualificados no PPI; Hortomercados do RJ estão incluídos
PERSPECTIVAS
Conab estima produção total de 289,6 milhões de toneladas de grãos para safra 2021/22