Menu
Busca sexta, 24 de setembro de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Fendt última semana de Setembro
INFRAESTRUTURA

Investimento em transporte promete alavancar setor produtivo brasileiro, garante ministro de Infraestrutura

Reduzir custo de produção do Brasil e atrair iniciativa privada estão no planejamento que prevê 16 mil quilômetros de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos

10 julho 2019 - 16h15Por FPA*

“Os investidores estrangeiros vão entrar no Brasil e daremos um salto em infraestrutura”. A afirmação foi feita pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, um dos convidados especiais da reunião entre deputados e senadores da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) desta terça-feira (9). Recém-empossado na Secretaria Especial de Governo, o ministro Luiz Eduardo Ramos também participou do encontro.

continua depois da publicidade
Campanha Fendt última semana de Setembro liderboard
continua depois da publicidade
Campanha Fendt última semana de Setembro Square

Freitas fez uma apresentação sobre as ações de infraestrutura nos seis meses de governo e destacou que o Brasil tem um plano para os modais consistente e factível. “Ele contempla rodovias, portos, aeroportos, ferrovias. Vai trazer um grande impacto para o setor produtivo porque é choque de oferta em termos de transporte e eliminação de gargalos, e isso vai ter reflexos, inclusive, em termos de frete”, afirmou.

Ele explicou que o programa de sua Pasta prevê a concessão de 16 mil quilômetros de rodovias, além de portos, aeroportos e ferrovias, e é preciso atrair o capital privado. Para ele, o investidor estrangeiro está percebendo que o governo brasileiro está apontando os riscos e apresentando projetos estruturados.

Para o ministro da Infraestrutura, é importante a parceria com os parlamentares da FPA na formulação de leis que irão fornecer segurança jurídica para o setor agropecuário no que diz respeito a fortalecimento de arbitragem, marcos regulatórios e licenciamento ambiental. Nesse sentido, ele pediu apoio para que o PLS 261/2018 seja aprovado. “Ele irá causar uma verdadeira revolução no transporte ferroviário brasileiro”.

O presidente da FPA, deputado Alceu Moreira (MDB-RS), elogiou a qualificação política e técnica do ministro, que “conhece o mapa rodoviário do Brasil, centímetro a centímetro”. Ele destacou que o Brasil precisa urgentemente definir um planejamento decenal para infraestrutura e logística. “Não podemos continuar com o mesmo rito de obras que começam e param. Precisamos transformar isso em lei e gravar nos orçamentos seguintes dos próximos nove anos os valores comprometidos para termos segurança de que as obras continuarão”.

*Fonte: FPA

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DA SOJA
Saca da soja acumula valorização de 13% em 12 meses, em MS
MANEJO APÍCOLA
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Cientistas combinam imagens multiespectrais com raios X para analisar sementes
GESTÃO DE RISCOS
Guia virtual orienta produtores sobre o funcionamento do seguro rural
MERCADO FINANCEIRO
Bolsa cai pelo segundo dia e perde 2,48% em agosto
CRÉDITO FUNDIÁRIO
Prazo para análise de financiamento de imóvel para agricultores familiares diminui para seis meses
ANÁLISE CEPEA
Dados oficiais do IBGE confirmam baixa oferta de animais para abate
ECONOMIA
MS tem crescimento populacional acima da média nacional, com agronegócio impulsionando interior
ARMAZENAMENTO
Conab tem 150 imóveis qualificados no PPI; Hortomercados do RJ estão incluídos
PERSPECTIVAS
Conab estima produção total de 289,6 milhões de toneladas de grãos para safra 2021/22