Menu
Busca domingo, 13 de junho de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Estapi Art 01 super banner
CONECTIVIDADE

Conectividade rural avança na Câmara

Relator do PL 4061/2019, que pode beneficiar 5 milhões de agricultores

25 novembro 2019 - 13h01Por FPA*

Muito além dos gargalos logísticos ou da oscilação de preços de commodites agrícolas ou da guerra comercial entre Estados Unidos e China, um dos principais obstáculos enfrentados pelo agronegócio brasileiro atualmente é a dificuldade de se comunicar no campo. Essa limitação foi destacada por membros da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), na última terça-feira (19), durante a reunião do colegiado.

continua depois da publicidade
A DE ABELHA - ALFABETIZAÇÃO 02
continua depois da publicidade
JA Training

Dados do Censo Agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2017 apontam que 41% das propriedades rurais no Brasil têm acesso à internet. Do total de produtores, 63% afirmaram se conectar via celular, e 21% declararam não acessar a rede por causa da indisponibilidade. Para mudar essa realidade e conectar os produtores rurais, com o objetivo de tornar o agronegócio ainda mais moderno e competitivo, tramita na Câmara dos Deputados o PL 4061/2019, do deputado José Medeiros (PODE-MT).

A proposta permiti que os recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST), cerca de R$ 20 bilhões, atualmente vinculado apenas ao serviço de telefonia fixa, cada vez menos utilizado e obsoleto no Brasil, sejam utilizados para financiar, de forma geral, políticas governamentais de telecomunicações, ampliando o acesso à Internet entre as famílias de baixa renda e no campo.

O relator do projeto, deputado Zé Silva (SD-MG), coordenador de Comunicação da FPA, pretende aprovar a proposta na Câmara dos Deputados ainda este ano. “Apresentamos um requerimento de urgência ao presidente da Casa, Rodrigo Maia. Estamos confiantes no compromisso que ele fez com o setor para que em 2020 a modernidade da internet das coisas, cobertura 5g, lançada pelo governo federal, chegue a todos os agricultores.” Após a sanção, o PL da Conectividade Rural pode beneficiar 5 milhões de agricultores no país.

O relatório anual da Organização Mundial do Comércio (OMC) aponta o Brasil entre os maiores exportadores do mundo. De acordo com os números oficiais do Ministério da Economia, em todo ano passado, as exportações brasileiras somaram US$ 239,523 bilhões, ante US$ 217,739 bilhões em 2017. “O agro vai muito bem: está exportando, aumentamos as exportações de carne para a china, a Ministra Tereza Cristina está abrindo o mercado de uma forma espetacular, mas falta um olhar para a conectividade no campo. Hoje a gente vê um agro estruturado, que gera emprego, renda, mas o produtor está em dificuldade. Nós queremos um agro forte e o produtor conectado,” explicou o presidente da FPA, deputado Alceu Moreira (MDB-RS).

Conectividade Rural – A produtividade no campo pode aumentar consideravelmente com o uso de novas tecnologias. Um exemplo é o uso de tratores e outros maquinários ligados à internet, com GPS, e mecanismos para economia de combustível e manutenção mais eficaz que fazem toda a diferença na eficiência da lavoura. A internet também pode estimular a abertura e funcionamento de novas empresas, como startups do agro, e conectar pesquisadores e estudantes de agronomia, zootecnia veterinária com universidades no mundo para desenvolver novos projetos em assistência técnica e extensão rural.

Para o presidente da FPA, deputado Alceu Moreira, com a disponibilidade de conectividade e tecnologia haverá aumento da produção. “Se a gente tiver conectividade no campo, o valor agregado no agronegócio pode chegar a US$ 21 bilhões”, disse. Atualmente um total de 50 milhões de hectares na área rural do Brasil ainda não tem acesso à internet, informou o diretor de Novos Negócios da Nokia, Leonardo Finizola, no Summit Agronegócio Brasil 2019.

*Fonte: Agência FPA

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANÁLISE CEPEA
Com baixa oferta de animais em peso de abate, preço do suíno vivo sobe
SUA LAVOURA MERECE!
Com 517 cv, Fendt 1000 Vario esbanja tecnologia e é considerado o maior trator monobloco do mundo
BIOTECNOLOGIA
Região Sul-Fronteira de MS é a que mais se dedica ao manejo biológico da soja
70 ANOS!
Eduardo Riedel confirma apresentação nos 70 anos do SRCG
ANÁLISE CEPEA
Alta externa eleva movimentação de soja nos portos brasileiros
MADEIRA
Com grande reserva de madeira, MS tem potencial de exportação para gigantes da celulose
RECURSOS HÍDRICOS
MS mantém destaque nacional no cumprimento de metas da ANA na gestão de recursos hídricos
ENERGIA
Semagro entrega licença de operação para usina inédita movida a biomassa de eucaliptos
TECNOLOGIA
Sem tratamento antifúngico adequado, pecuarista pode perder até um terço da silagem
ECONOMIA
Valor da Produção Agropecuária de 2021 deve ser 12,4% maior que o do ano passado