Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
(67) 99874-0557
Campanha Agrinho 11-10 10-09
AGRONÉGOCIO

Após adquirir fatia da Bayer, BASF quer lançar 30 soluções até 2030

A estratégia é expandir a atuação na área de sementes e atender agricultores conforme as necessidades de cada região

07 novembro 2019 - 09h13Por Priscilla Peres*

A Basf pretende fazer 30 lançamentos, entre soluções de proteções de cultivo e traits, além de dezenas de variedades de algodão e soja até 2030 no Brasil. A estratégia é expandir a atuação na área de sementes e atender agricultores conforme as necessidades de cada região. Com isso, a empresa pretende ampliar as vendas em 50%.

continua depois da publicidade
Campanha Agrinho 11-10 10-09

Há pouco mais de um ano a Basf investiu R$ 33 bilhões na aquisição de negócios de sementes e herbicidas da Bayer e iniciou um novo ciclo de negócios, entrando no mercado de pesquisa, produção e comercialização de sementes de soja e algodão. 

Em visita ao Brasil, o presidente global da Divisão de Soluções para a Agricultura Basf, Vicent Gros, afirmou que aquisição de negócios da Bayer é um “passo fundamental para a BASF. Um marco que amplia a carteira, a capacidade de atendimento aos clientes e que está moldando os negócios da empresa”. 

Os investimentos foram feitos também nos centros de pesquisa da Basf no Brasil. Em Trindade, Goiás, foram injetados R$ 60 milhões na infraestrutura de pesquisa. No Centro de Pesquisa de Santo Antônio de Posse, em São Paulo, o aporte foi de R$ 40 milhões para ampliação e modernização de laboratórios. 

Estes são dois centros de pesquisas globais, que se unem a outras 16 unidades de pesquisa no Brasil. Segundo a Basf, as pesquisas são feitas considerando as características de cada região, como clima, pragas e necessidades. 

“Quando olhamos para as regiões vemos que as necessidades são diferentes e é por isso que temos nossa rede avançada de pesquisa que é exatamente para oferecer essas soluções estratégicas. Por exemplo, temos cinco estações de pesquisa para soja no Brasil, cada uma atende uma região do Brasil e nunca para todo o país”, destaca o Diretor de Sementes da BASF no Brasil, Hugo Borsari. 

A empresa quer lançar 28 novas soluções em proteção de cultivos até 2030 e aposta na tecnologia Xarvio Field Manager. Quer trabalhar com quatro novos ingredientes ativos, sendo herbicidas (com 6 novas soluções), fungicidas (11 novas soluções), inseticidas (7 novas soluções) e tratamento de sementes (5 novas soluções). 

Para a soja, serão duas traits com mais tolerância a ferrugem asiática e nematoides e 80 variedades, incluindo tecnologia Intacta2Xtend e variedades para os novos traits. Em relação ao algodão, serão quatro traits, com lançamentos entre 2021 e 2022 de Algodão TLP, com manejo de resistência de plantas daninhas no sistema produtivo e mais 35 variedades com lançamentos em 2020, sendo FM 911 GLTP de ciclo curto e FM 974 GTL de ciclo longo.

Texto: Priscilla Peres
* A reporter viajou para Trindade (GO) a convite da BASF

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAFRA DE MILHO
Com 109 sacas, por hectare, Alcinópolis tem a maior produtividade média de MS, na safrinha
ANÁLISE CEPEA
Com novo reajuste, preço do ovo branco se aproxima do recorde nominal
SAFRA DE SOJA 21/22
Incertezas com relação ao comportamento do clima esfriam expectativas de super safra em MS
MERCADO DA SOJA
Saca da soja acumula valorização de 13% em 12 meses, em MS
MANEJO APÍCOLA
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Cientistas combinam imagens multiespectrais com raios X para analisar sementes
GESTÃO DE RISCOS
Guia virtual orienta produtores sobre o funcionamento do seguro rural
MERCADO FINANCEIRO
Bolsa cai pelo segundo dia e perde 2,48% em agosto
CRÉDITO FUNDIÁRIO
Prazo para análise de financiamento de imóvel para agricultores familiares diminui para seis meses
ANÁLISE CEPEA
Dados oficiais do IBGE confirmam baixa oferta de animais para abate