Menu
Busca quarta, 17 de agosto de 2022
(67) 99874-0557
CLIMA

Meteorologia previu problemas com a safra de soja, em MS

Prognóstico para o verão, elaborado no fim de 2021, já alertava para possíveis danos às lavouras na safra 21/22

12 janeiro 2022 - 07h03Por *Pantanal Agrícola

Ao fim de cada estação os institutos de meteorologia disponibilizam à sociedade o resultado dos levantamentos sobre as condições climáticas previstas para o próximo ciclo da natureza . No prognóstico para o verão 21/22, os modelos indicavam que haveria chuvas irregulares e mal distribuídas, com tendência de prejuízos na safra de soja - principalmente no centro-sul de Mato Grosso do Sul. "É provável que haverá queda na produtividade de grãos", diz o documento elaborado pelo meteorologista Natálio Abrahão.

continua depois da publicidade
Campanha Pantanal Agrícola 01 300x250

"Só em dezembro, tivemos 18 dias consecutivos sem chuva", lembra Natálio. Segundo ele, essa situação de seca ocorre por causa de dois fenômenos.  O primeiro é a atividade de La Niña -  que causa o resfriamento das águas do oceano pacífico e impede a circulação de umidade no centro do continente. O segundo fenômeno são as chamadas Oscilações de Madden e Julian - um padrão de fluxos de ventos que dão sinais de que vai ou não faltar chuva em determinada região do planeta. "Quando esse fenômeno começou a dar sinais, indicava que teríamos muita chuva no nordeste do país - coisa que não é muito comum. Também indicava seca pra nós. É um fenômeno que leva em torno de quarenta dias para se manifestar e outros quarenta para encerrar", explica o meteorologista que tem mais de 5 décadas de experiência na área.

* Conteúdo: Pantanal Agrícola/Agência Rural

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA E INFORMAÇÃO
Sindicato Rural de Campo Grande reúne palestrantes nacionais de 8 e 11 de junho
AGRICULTURA
Aprosoja/MS identifica avanço na qualidade dos fertilizantes utilizados na soja
Do Pantanal para o mundo
Bolsas de luxo, sustentabilidade e empoderamento no Pantanal
SUINOCULTURA
Suinocultores de MS avançam índices de sustentabilidade e são reconhecidos por isso
PROSOLO
Entidades e produtores se unem para recuperar áreas degradadas na região do Taquari
ANÁLISE IMEA
Óleo de soja valoriza com demanda externa
ANÁLISE CEPEA
Cotações do milho disparam no porto de Paranaguá-PR
GRÃOS
Colheita da soja está praticamente finalizada em Querência - MT
REFLEXOS DA GUERRA
Importações de fertilizantes de Belarus ao Brasil foram suspensas
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
No Irã, ministra mostra potencial de exportação de produtos brasileiros