Menu
Busca sexta, 18 de junho de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner 03
CLIMA E TEMPO

Março deve começar chuvoso e Meteorologia alerta para possíveis alagamentos

A previsão é do CEMTEC/MS, órgão ligado à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar

27 fevereiro 2020 - 11h01Por Semagro*

A frente fria que já se estabelece na Região Centro-Oeste do País deve provocar chuvas intensas na primeira quinzena de março, podendo levar alguns rios a transbordar e causar alagamentos. A previsão é do CEMTEC/MS (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul), órgão ligado à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

continua depois da publicidade
JA Training

Entre os dias 26 e 5 de março a previsão é que a chuva acumulada chegue a 70 milímetros em grande parte do Estado, sendo que na região Nordeste (Bolsão) o índice pode chegar a 100 milímetros. Na semana seguinte (6 a 13/03) as chuvas continuam fortes nas regiões Norte e Nordeste, enquanto nas demais áreas o acumulado esperado é de até 5 milímetros.

O problema é que o rio Taquari, que passa pela cidade de Coxim, corta a região Norte-Nordeste e já estava com volume de água no limite máximo nessa semana. A Sala de Situação do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), órgão ambiental do Estado vinculado à Semagro, emitiu alerta sobre a iminência do rio transbordar desde a quarta-feira. No início da noite de ontem (27) o rio apresentava volume de água de 4,87 metros (com 5 metros já ocorreria o transbordamento), mas na manhã desta quinta-feira começou a baixar, marcando 4,73 metros.

Caso as chuvas continuem na cabeceira do Taquari (região Nordeste) nos próximos dias, o volume de água pode voltar a subir e ocorrer o transbordamento. A equipe do Imasul está em alerta monitorando o comportamento das águas do Taquari e demais rios do Estado. No Miranda (região do Pantanal) chegou a haver transbordamento em trechos do rio na zona rural no início da semana, mas conforme o boletim da Sala de Situação o volume de água baixou 9 centímetros nos últimos três dias e o rio saiu do alerta.

*Fonte: Semagro

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANÁLISE CEPEA
Com baixa oferta de animais em peso de abate, preço do suíno vivo sobe
SUA LAVOURA MERECE!
Com 517 cv, Fendt 1000 Vario esbanja tecnologia e é considerado o maior trator monobloco do mundo
BIOTECNOLOGIA
Região Sul-Fronteira de MS é a que mais se dedica ao manejo biológico da soja
70 ANOS!
Eduardo Riedel confirma apresentação nos 70 anos do SRCG
ANÁLISE CEPEA
Alta externa eleva movimentação de soja nos portos brasileiros
MADEIRA
Com grande reserva de madeira, MS tem potencial de exportação para gigantes da celulose
RECURSOS HÍDRICOS
MS mantém destaque nacional no cumprimento de metas da ANA na gestão de recursos hídricos
ENERGIA
Semagro entrega licença de operação para usina inédita movida a biomassa de eucaliptos
TECNOLOGIA
Sem tratamento antifúngico adequado, pecuarista pode perder até um terço da silagem
ECONOMIA
Valor da Produção Agropecuária de 2021 deve ser 12,4% maior que o do ano passado