Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021
(67) 99874-0557
Programa de fidelização banner 03
PREVENÇÃO

Bunge Açúcar & Bioenergia lança campanha de prevenção e combate a incêndios em MS

Desde o começo do ano o estado já registrou 1.507 focos de calor, segundo dados do Inpe. O número é quase três vezes maior que em 2018

25 junho 2019 - 07h01Por Agência Rural

A Bunge Açúcar & Bioenergia começou nessa segunda-feira (24) um trabalho de conscientização sobre os riscos das queimadas nas regiões em que atua. Com o tema "Prevenir é o Melhor Caminho", a campanha traz esclarecimentos sobre as medidas preventivas adotadas pela empresa e orientações de como cada pessoa pode contribuir. Entre os materiais estão inclusos um vídeo educativo, a distribuição de material impresso às escolas próximas às Usinas, ativação pelas redes sociais e anúncios veiculados nas rádios locais.

continua depois da publicidade
Programa de fidelização banner 02

Segundo a assessoria de comunicação, a empresa tem investido constantemente em melhores práticas e medidas de controle, gestão e prevenção para que os riscos de incêndios sejam controlados. Entre as principais iniciativas estão o monitoramento e a classificação das áreas de plantio em uma escala de riscos de acordo com a proximidade das fontes de água, das rodovias e das áreas verdes. A partir desse mapeamento, a empresa consegue distribuir as ações com prioridade para áreas mais vulneráveis. 

Atualmente a companhia faz a colheita mecânica em 100% dos canaviais. "Além de benefícios como a redução das emissões e melhora na qualidade do ar, a colheita de cana-de-açúcar livre da queima traz maior aproveitamento da cana do ponto de vista energético, melhor qualidade da matéria-prima para a Indústria e reduz os custos de produção", afirma Gustavo Negreiros, Gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Companhia.


De primeiro de janeiro a 24 de junho Mato Grosso do Sul registrou 1.507 focos de calor, segundo dados do Inpe, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Corumbá ocupa a segunda posição no ranking dos municípios com maior número de queimadas, com 781 registros em 2019.

* Com informações da assessoria de imprensa

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM DO SUÍNO
Cotações do suíno vivo caem em janeiro, enquanto valores dos principais insumos da atividade sobe
INTERNACIONAL
Chamada pública conjunta entre Brasil e Alemanha recebe propostas de projetos de bioeconomia
ANÁLISE CEPEA
Exportações de carne suína recuam em janeiro de 2021
MERCADO DO BEZERRO
Indicador do bezerro, em Mato Grosso do Sul, valoriza 60,6% em 12 meses
COLHEITA DA SOJA
Com atraso, agricultores de MS começam a colheita
EVOLUÇÃO
MS registra o 2º maior crescimento de produção de grãos do País, aponta a Conab
MERCADO DO BOI
Importação de gado vivo do Paraguai preocupa criadores de MS
ECONOMIA
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias
ECONOMIA
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%
OPORTUNIDADE!
Agência Rural lança programa de fidelização de anunciantes